Telefónica conclui venda de subsidiária no Panamá

Millicom pagou US$ 594 milhões pela operação no país centro-americano

O grupo espanhol Telefónica, dono da companhia de mesmo nome no Brasil, concluiu a venda de sua operação no Panamá. O negócio foi fechado em fevereiro, e previa o pagamento de US$ 594 milhões, além da aprovação dos reguladores.

O comprador foi a Cable Onda, subsidiária da Millicom. Com a aquisição, a companhia latino-americana acrescenta 1,6 milhão de usuários a sua base móvel e amplia sua cobertura 4G para 80% da população panamenha. A empresa diz ainda que o negócio permitirá aprofundar a aposta na venda de combos convergentes. A aquisição também é vista como oportunidade para criar “highways digitais” conectando pessoas e comunidades “desenvolvidas” da América Central, conforme comunicado.

A Telefônica vendeu este ano subsidiárias na Guatemala, em El Salvador, na Nicarágua e na Costa Rica para Millicom e América Móvil. A Millicom pagará, ao todo, US$ 1,36 bilhão após a conclusão da compra das unidades do Panamá, Costa Rica e Nicarágua. A transação sobre as unidades de Nicarágua, Guatemala e El Salvador ainda não foram finalizadas. A venda de todas as unidades na América Central renderá US$ 2,3 bilhões.

O desinvestimento da Telefónica na América Central tem o objetivo de reduzir o endividamento total, de € 40,2 bilhões e “gerar valor ao acionista”, de acordo com comunicado enviado ao regulador do mercado de capitais da Espanha.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4192