Sky utiliza bot na cobrança a inadimplentes

Operadora de TV por satélite utiliza sistema da BRbots, com o qual alcança índice de 35% de recuperação dos débitos pendentes
SKY utiliza bots para negociar com clientes inadimplentes
Bots de atendimento ao cliente são utilizados pela SKY para negociar com inadimplentes (crédito: Freepik)

A operadora de TV por satélite SKY informou, nesta terça-feira, 10, que conseguiu melhorar os resultados relacionados a cobranças a inadimplentes com a utilização de robôs de atendimento ao cliente, também chamados de “bots”.

A operação é feita em parceria com a BRbots, multinacional brasileira fornecedora de sistemas de atendimento virtual, incluindo automação de textos (chatbots e whatsappbots) e voz (voicebots), para o mercado corporativo.

Segundo a empresa de TV por assinatura, os bots trabalham com abordagens diferenciadas e estímulos para pagamentos com descontos, apresentando opções de quitação do débito via cartão de crédito, boleto ou internet banking.

Na primeira fase de cobrança, de 7 a 15 dias, os índices de recuperação da carteira são de aproximadamente 35%, informou a SKY. Na segunda fase, de 18 a 39 dias, a taxa é de aproximadamente 32%.

“Nessas duas fases, os contatos são realizados exclusivamente por agentes digitais. Já na terceira fase, que trabalha com os clientes com mais de 40 dias de atraso, a SKY atua com agentes virtuais e humanos”, explica Alexandre Soares, Gerente de Cobrança da SKY.

Na etapa na qual a dívida já passou dos 40 dias, o índice de recuperação é de aproximadamente 14,5%.

A BRbots estima que a utilização do sistema robotizado deve gerar uma economia anual de mais de R$ 6 milhões para a SKY.

“O bot na operação de cobrança gera uma experiência melhor para o cliente, que fica mais confortável para fazer a negociação do valor pendente. Além disso, impacta na agilidade do processo e na redução dos custos operacionais”, afirma, em nota, Marco Napolitano, CEO da fornecedora do sistema de atendimento virtual.

Atualmente, a SKY ocupa o segundo lugar no mercado de TV paga no País, com 4,1 milhões de assinantes.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10675