Operadoras ganham 187 mil acessos móveis em julho; 5G puxa alta do setor

Linhas celulares somam 210,49 milhões em todo o País ao término do sétimo mês de 2023; quinta geração móvel e planos pós-pagos intensificam os resultados do período
Operadoras crescem em 5G e telefonia móvel avança em julho
Telefonia móvel avança em julho e operadoras crescem em 5G (crédito: Freepik)

O mercado de telefonia móvel ganhou 186,9 mil acessos em julho, na comparação com junho, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações. Com isso, ao término do sétimo mês de 2023, havia 210,49 milhões de linhas celulares ativas no País.

No geral desse mercado – ou seja, contando acessos padrão, machine to machine (M2M) e ponto de serviço (POS) –, o total de linhas móveis somou 252 milhões, leve alta de 0,2% ante o mês anterior (251,52 milhões). Em 12 meses, no entanto, os números apontam baixa de 3,8%, uma vez que o mercado somava 261,95 milhões de acessos em julho de 2022.

Especificamente sobre as linhas para aparelhos celulares, a Vivo aparece na liderança, com 82,12 milhões de acessos. A marca do Grupo Telefónica detém 39% do mercado móvel brasileiro. Ainda assim, a empresa perdeu 156 mil linhas no intervalo ao longo do mês de julho. A queda percentual, em relação a junho, foi de 0,2%.

A Claro, em segundo lugar, conta com 69,95 milhões de acessos móveis (33,2% do mercado). A operadora ganhou 317 mil clientes no mês de abertura do segundo semestre, aumentando a base móvel em 0,5%.

Já a TIM, com 56,49 milhões de linhas móveis, responde por 26,8% do mercado. Em julho, a empresa teve um aumento de 15 mil linhas do tipo padrão.

Plano e tecnologia

No geral, o setor ganhou 511 mil acessos pós-pagos em julho, totalizando 101,91 milhões de linhas. O modelo pré-pago, contudo, ainda lidera, com 108,58 milhões de acessos, ainda que tenha perdido cerca de 323 mil clientes desse tipo no mês.

Em termos de tecnologia, o 4G ainda é largamente predominante no País, com 86,1% das linhas. O 5G, somando 12,6 milhões de acessos, representa 6% do setor móvel nacional, já à frente do 2G e do 3G, os quais ainda estão presentes em pouco mais de 8 milhões de linhas móveis, cada.

Vale destacar que o 5G cresceu 11,2% em julho. No que diz respeito especificamente à quinta geração móvel, a Claro lidera com 5,11 milhões de linhas ativas, pouco à frente da Vivo, com 4,72 milhões. A TIM, conforme os números da Anatel, conta com 2,83 milhões de clientes em 5G.

De todo modo, as três grandes teles cresceram nessa tecnologia em julho. A Claro ganhou 533 mil clientes (alta mensal de 11,6%), a Vivo teve um incremento de 387 mil assinantes (8,9%) e a TIM registrou 360 mil novos acessos em 5G (14,5%).

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 853