Oi contrata quatro novos diretores: de atacado, auditoria, comunicação e estratégia

Operadora cria divisão de atacado e franquias, que será comandada por Pedro Arakawa. Também foi criada área de estratégia e transformação, que será conduzida por Rogério Takayanagi. Lívia Marquez assume a reformulada diretoria de comunicação e mídia, enquanto Luiz Modenese chega à diretoria de auditoria.

A Oi anunciou hoje, 17, a contratação de quatro novos diretores neste mês. Eles vão ajudar as equipes a conduzir, nas respectivas áreas, o plano estratégico de transformação em curso. O foco da Oi está direcionado para a massificação da fibra ótica no país, com soluções de B2B voltadas para serviços integrados de TICs, soluções de atacado e crescimento da telefonia móvel no pós-pago.

A companhia passou a contar com uma unidade de negócios de Atacado e Franquias, liderada por Pedro Luiz Arakawa. Formado em Análise de Sistemas pela UNIP e pós-graduado em Engenharia de Marketing pela FIA/USP, Pedro Arakawa trabalha em telecomunicações há 21 anos, tendo atuado na própria Oi e nas operadoras Telefônica/Vivo, Nextel e Claro, em funções como head de Marketing, Vendas, Satisfação do Cliente e Gestão do Risco.

Para a diretoria de Estratégia e Transformação, que será responsável pelas áreas de Inovação e Digital, a Oi contratou Rogério Takayanagi, que já teve passagem pela companhia como diretor de Marketing. Rogério tem mais de 20 anos de experiência no setor de telecom, sendo responsável por diversas áreas como marketing, inovação e startups, vendas, operações, finanças corporativas, M&A, estratégia e tecnologia. Trabalhou no Brasil e no exterior, tendo atuando como consultor e executivo em empresas como Promon, Value Partners e TIM. Tanto Pedro Arakawa quando Rogério Takayanagi se reportam diretamente ao CEO, Rodrigo Abreu.

Já o executivo Luiz Modenese assume a diretoria de Auditoria da Oi. Formado em Economia pela Universidade São Judas Tadeu, com MBA em Serviços de Telecomunicações pela UFF, Modenese iniciou sua carreira há mais de 30 anos, tendo atuado em diversas empresas, como Linde, Grupos Louis Dreyfus, Bunge, Claro, Cielo e inclusive Oi, onde foi gerente de Auditoria de 2002 a 2006. Além de possuir uma experiência executiva consolidada na área, Modenese é auditor certificado CCSA (Certification in Control Self-Assessment) desde 2010 e CRMA (Certification in Risk Management Assurance) desde 2013. Ele terá reporte direto ao Comitê de Auditoria, Riscos e Controle do Conselho de Administração e reporte funcional ao CEO.

A companhia contratou também Lívia Marquez, que assume como diretora de Comunicação e Mídia.  Suzana Santos, que era a diretora de comunicação corporativa da Oi e presidente da Oi Futuro, passa a ser assessoria de comunicação conselheira e presidente da Oi Futuro.

Lívia é formada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Marketing pela PUC-RJ e em Digital Innovation, Branding and Advertising pela Kellogg School of Management. Com ampla experiência em comunicação, no qual atua há mais de 20 anos, Lívia já trabalhou em empresas como YouTube , Globo, Oi e TIM. Nessa última, foi diretora de Advertising e Brand Management, permanecendo seis anos na operadora. Antes de vir para a Oi, ocupava o cargo de diretora de Conteúdo Digital da TV Globo. Lívia se reporta a Bernardo Winik, diretor de Clientes da Oi.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10383