Oi: Bondholders aceitam trocar R$ 8 bi em dívidas por ações

Valor resultará em diluição de 71% do atual capital social da operadora

TeleSintese-Reuniao-ideias-conexao-apresentacao-bate-papo-informacoes-rede-Fotolia_112785194

A Oi informou ao mercado na noite de sexta-feira, 16, que os bondholders qualificados para participar do programa de troca de dívida da tele por ações deve resultar na diluição de 71% do capital social atual. Segundo a empresa, donos de R$ 8 bilhões em dívidas pediram para receber o montante em papeis da companhia.

O comunicado destaca que o resultado ainda é preliminar e o percentual pode sofrer alterações. Lembra, também, que os bondholders que manifestaram a intenção de aderir à troca podem não efetivá-la.

O prazo para que os bondholders qualificados escolhessem como queriam receber o pagamento dos créditos (se parcelado e com desconto, ou em ações) acabou em 15 de março.

Com a troca, a Pharol, hoje maior acionista individual da Oi com 22% do capital social, passaria a deter pouco mais de 10% da operadora.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10697