Nível de emprego no setor eletroeletrônico segue abaixo de 2016

Havia 239,9 mil postos de trabalho ocupados no setor em agosto de 2016. Em agosto de 2017, eram 235,4 mil.

Projetado pelo Freepik

O nível de emprego do setor eletroeletrônico permanece abaixo do visto um ano atrás. Os dados, referentes ao mês de agosto, foram divulgados nesta segunda-feira, 25, pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), com base em informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged).

Os dados revelam que, enquanto em agosto de 2016 havia 239.957 empregos formais nas empresas do setor, em agosto deste ano, eram 235.455. Em 12 meses, portanto, o setor fechou 4.250 postos de trabalho.

A Abinee ressalta que houve aumento no número de contratações nos últimos dois meses (julho e agosto), embora a quantidade de vagas abertas seja inferior ao número das que foram fechadas em junho e maio.

MESES SALDO TOTAL DE EMPREGADOS
ago/16 252 239.957
set/16 -430 239.527
out/16 -736 238.791
nov/16 -1.831 236.960
dez/16 -4.188 232.772
jan/17 1.814 234.586
fev/17 902 235.488
mar/17 224 235.712
abr/17 144 235.856
mai/17 -373 235.483
jun/17 -888 234.595
jul/17 284 234.879
ago/17 576 235.455
Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10523