Morre Cassio Dreyfuss, vice-presidente do Gartner

O executivo teve uma carreira de 52 anos dedicados ao setor de TI, dos quais 25 ao Gartner
Cassio Dreyfuss, vice-presidente do Gartner, dedicou mais de 50 anos ao mercado de TI
Cassio Dreyfuss, vice-presidente do Gartner, dedicou mais de 50 anos ao mercado de TI | Foto: Divulgação

Morreu nesta quarta-feira, 19 de junho, o analista e vice-presidente do Gartner. Profissional com longa carreira no mercado de tecnologia da informação (TI), edicou 52 anos ao setor, dos quais 25 foram ao Gartner.

Como vice-presidente na Pesquisa da empresa, Cassio Dreyfuss integrou a equipe de pesquisa para chief information Officers (CIOs), concentrando suas análises na interface entre negócios e TI.

De acordo com o Gartner, o executivo explorava o valor dos negócios de TI, o papel da organização de TI nos negócios, a gestão de demanda e serviços compartilhados, além de abordar estratégia de TI, planejamento, governança e questões organizacionais.

Seus principais interesses de pesquisa incluíam novos padrões de trabalho colaborativo e modelos organizacionais de TI, bem como desenvolvimento e gestão de mudanças. O Gartner destaca ainda que Dreyfuss sempre esteve atento às inovações e ressaltava os desafios da Inteligência Artificial, destacando a necessidade de preparação para esse novo ciclo digital.

“Cassio era conhecido por seu sorriso constante e bom humor. Ele ajudou inúmeros CIOs na transformação digital de suas empresas e costumava dizer que os executivos precisavam se preparar para desempenharem um papel vital, ou corriam o risco de perder o controle”, destaca o Gartner em seu comunicado.

Com sólida formação acadêmica, o executivo possuía pós-graduação em administração de empresas, teoria e comportamento organizacional pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), além de bacharelado em engenharia mecânica pelo Instituto Mauá de Tecnologia (IMT).

Antes de sua trajetória no Gartner, o executivo liderou a unidade de consultoria da Atos no Brasil por quatro anos, atuou como gerente de sistemas de informação no Banco Itaú por onze anos e como consultor de TI por outros doze anos.

Dreyfuss deixa a esposa, Mara, dois filhos (Mariana e Tomás) e seis netos. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10693