Ministério da Agricultura cria câmara focada em inovação agrodigital

Portaria prevê composição com 106 membros, com participação de entidades do setor público e privado. Colegiado é responsável por estudos do segmento e apresentação de propostas.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) publicou, nesta quarta-feira, 26, uma portaria que institui a Câmara Temática de Inovação Agrodigital. O colegiado é vinculado ao Conselho Nacional de Política Agrícola (CNPA). 

O texto prevê a nomeação de 106 membros, entre representantes do setor público e privado. A norma publicada nesta quarta ainda não lista quem serão os integrantes (saiba mais abaixo). 

A criação do grupo está prevista no regimento do CNPA. São chamadas de câmaras temáticas aquelas que tratam de temas transversais, relacionados a mais de uma cadeia produtiva. Elas têm o papel de realizar estudos relativos aos segmentos setoriais, necessários ao assessoramento do MAPA. 

A Câmara Temática de Inovação Agrodigital deve subsidiar o ministério sobre ações prioritárias e propostas de aprimoramento da atividade agropecuária, considerando a expansão dos mercados interno e externo.

Integrantes da câmara de inovação agrodigital

O regimento do CNPA prevê que os membros e respectivos suplentes da câmara serão indicados pelos titulares dos órgãos e entidades representadas e designados por ato do presidente do CNPA, a ser editado.

As câmaras terão um secretário, escolhido dentre os integrantes da Coordenação-Geral de Apoio às Câmaras Setoriais e Temáticas – CGST/SPA/MAPA e designado pelo presidente do CNPA.

As reuniões devem ocorrer pelo menos uma vez ao ano. A pauta dos encontros pode ser proposta por todos os integrantes e as deliberações serão tomadas por maioria simples dos votos.

Avatar photo

Carolina Cruz

Repórter com trajetória em redações da Rede Globo e Grupo Cofina. Atualmente na cobertura dos Três Poderes, em Brasília, e da inovação, onde ela estiver.

Artigos: 953