Mais três capitais estão prontas para receber o 5G puro. Veja quais.

Grupo que supervisiona a chegada do 5G SA ao país deve liberar a ativação do sinal em mais três capitais na reunião extraordinária marcada para quarta-feira, 27. Em outras cinco capitais, trabalho de instalação de filtros profissionais avança.
João Pessoa (PB) está entre as três próximas cidades a receber o 5G puro
João Pessoa (PB) está entre as três próximas cidades a receber o 5G puro (Crédito: Wikimedia Commons)

O 5G “puro” está prestes a ser ativado em mais três capitais. O Gaispi, grupo que supervisiona o trabalho de limpeza do espectro, tem reunião nesta quarta-feira, 27, para aprovar a liberação do sinal em Belo Horizonte, João Pessoa e Porto Alegre.

Caso a proposta seja aprovada, o que provavelmente vai acontecer, Claro, TIM e Vivo poderão ligar suas redes 5G standalone nestas cidades a partir de sexta-feira, 29.

A reunião é extraordinária. Foi convocada pelo presidente do Gaispi e conselheiro da Anatel, Moisés Moreira.

O Distrito Federal foi a primeira área a ter o 5G puro ativado, no começo do mês.

Capitais seguintes

Amanhã, a Siga Antenado – EAF, organização criada pelas operadoras para cumprir as obrigações do edital 5G, realiza evento em Curitiba (PR) para anunciar o início da distribuição de kits de parabólicas digitais na capital paranaense.

O Tele.Síntese apurou que além de Curitiba, a instalação de filtros para estações profissionais de satélite (FSS) está mais avançada nas capitais Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ) e Goiânia (GO). Uma outra reunião do Gaispi será convocada para decidir sobre a liberação do sinal 5G nestas capitais.

São Paulo é outra capital onde a EAF vem trabalhando na instalação dos filtros FSS. Havia expectativa de a capital paulista ser contemplada ainda em julho com a liberação do espectro, mas a quantidade de estações profissionais na cidade atrasou os trabalhos.

Corrida contra o relógio

Conforme regras definidas pela Anatel para os compradores de espectro no leilão 5G, a faixa de 3,5 GHz deverá ficar pronta para uso das operadoras até o final de agosto em todas as capitais do país. Este prazo inclui já a prorrogação que modificou em 60 dias o edital original do certame.

Para evitar interferências do 5G, as emissoras de TV aberta captada por parabólicas (conhecida por TVRO) levaram seu sinal para a banda Ku. As parabólicas comuns não captam este sinal. Por isso, o consumidor precisa comprar um kit digital de recepção de TV aberta por parabólica em banda Ku.

Beneficiários de programas sociais inscritos no Cadastro Único e que assistem TV apenas através de parabólica têm direito a receber, gratuitamente, um kit de recepção. Para tanto, devem solicitar a instalação através do site da Siga Antenado.

O Gaispi autoriza a ativação do 5G nas cidades depois de instalados filtros em todas as estações FSS locais cadastradas na Anatel e início da distribuição dos kits Ku.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4156