Lucro da Samsung cai 69%, maior queda trimestral em oito anos

Em divulgação preliminar, companhia sul-coreana informou que negócios foram impactados pela demanda mais fraca por chips e smartphones
Lucro da Samsung desaba no quarto trimestre de 2022
Lucro da Samsung cai quase 70% no quarto trimestre de 2022 (crédito: Freepik)

O lucro operacional da Samsung deve cair 69% no quarto trimestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano anterior, à medida que os negócios de chips de memória e smartphones enfrentam uma queda considerável na demanda.

Dados preliminares divulgados pela empresa sul-coreana, nesta sexta-feira, 6, indicam que o lucro operacional auferido entre outubro e dezembro do ano passado ficou em 4,3 trilhões de wons (aproximadamente US$ 3,4 bilhões ou R$ 17,77 bilhões), ante 13,87 trilhões de wons registrados no último trimestre de 2021.

Se confirmada, será a maior queda no lucro da empresa desde o terceiro trimestre de 2014.

Também no quarto trimestre, as projeções apontam que as vendas caíram 8,6%, para 70 trilhões de wons (cerca de US$ 56 bilhões ou R$ 292,63 bilhões).

Segundo a Samsung, a maior fabricante de chips de memória, celulares e TVs do mundo, os resultados foram impactados por uma diminuição mais expressiva do que se esperava no número de pedidos combinado a uma queda nas vendas de smartphones e eletrodomésticos.

De forma geral, o interesso dos consumidores por aparelhos da empresa arrefeceu no período final do ano passado. “As vendas e a receita de smartphones caíram em razão da fraca demanda resultante de problemas macroeconômicos prolongados”, afirmou a empresa, conforme informações divulgadas pelo “Financial Times”.

Porta-vozes da empresa já disseram, em outras ocasiões, que a desaceleração do mercado de tecnologia deve persistir ao longo do ano de 2023. No entanto, a expectativa é de que uma recuperação possa ser sentida no segundo semestre deste ano.

A companhia sul-coreana deve divulgar os resultados completos referentes ao quarto trimestre do ano passado no fim do mês de janeiro.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10695