Huawei foi empresa que mais registrou patentes em 2021

É o 5º ano consecutivo que a multinacional chinesa fica no topo da lista. O top 5 de 2021 é completado por Qualcomm (3.931 aplicações), Samsung (3.041), LG (2.885) e Mitsubishi(2.673)
Crédito: divulgação
Crédito: divulgação

A Huawei foi a empresa que mais registrou patentes em 2021 no mundo, segundo o levantamento anual da WIPO, sigla em inglês para  Organização Mundial de Propriedade Intelectual. A multinacional chinesa publicou 6.952 aplicações no PCT (Tratado de Cooperação de Patentes), em 2021, 27% a mais do que no ano anterior, o que manteve a empresa no topo do ranking de inovação.

É o 5º ano consecutivo que a Huawei fica no topo da lista de pedidos de patentes da Wipo. O top 5 de 2021 é completado por Qualcomm (3.931 aplicações), Samsung (3.041), LG (2.885) e Mitsubishi(2.673).

Destas, a Qualcomm foi a que apresentou o crescimento mais rápido (+80,9%). Pulou da quinta posição, em 2020, para a segunda, no ano passado.

Os registros relacionados à comunicação digital da Qualcomm quase dobraram – de 1.486, em 2020, para 2.951, em 2021 . Isso ajudou a impulsionar o forte crescimento geral.

Recorde

O pedido internacional de patente, publicado por meio do Tratado de Cooperação de Patentes (PCT), é uma métrica amplamente utilizada para medir a atividade inovadora mundial. Na soma de toda a produção intelectual mundial, houve um crescimento de 0,9% em 2021, em relação ao ano anterior, com a marca de 277.500 pedidos de patentes. É um recorde, o nível mais alto de todos os tempos.

Desse total, 54,1% vieram do continente asiático. A China segue como o país que mais utilizou o sistema internacional de patentes, com 69.540 aplicações e um crescimento de 0,9% em relação ao ano anterior.

EUA vem logo atrás, em segundo, com 59.570 aplicações e um crescimento maior: 1,9%. A lista dos 5 mais, entre os países, se completa com Japão (50.260 aplicações e queda de 0,6%), Coreia do Sul (20.678 aplicações, número 3,2% maior que o do ano anterior) e Alemanha (17.322 aplicações e queda de 6,4%).

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10673