Grupo TIM recebe nota “A” em índice de preservação ambiental

Classificação leva em conta as operações na Itália e no Brasil e indica que companhia está na linha de frente no combate às mudanças climáticas
Grupo TIM recebe nota máxima em preservação ambiental
Compromisso do Grupo TIM com a preservação ambiental é bem avaliado pelo CDP (crédito: Freepik)

O Grupo TIM recebeu a nota “A” da organização ambiental sem fins lucrativos CDP (Carbon Disclosure Project), melhorando a sua classificação em relação ao ano passado, quando era avaliado com o rating “B”. A nota indica que a tele está entre as companhias que mais se empenham para pôr em prática iniciativas de combate às mudanças climáticas.

A avaliação vale para toda a empresa – ou seja, tanto para as operações na Itália como no Brasil, por meio da TIM Brasil. Em nota divulgada nesta terça-feira, 6, a operadora disse que a classificação decorre de sua estratégia de descarbonização, por meio da qual a empresa visa a reduzir as emissões de gases de efeito estufa (GEE).

As metas ESG (acrônimo em inglês para meio ambiente, social e governança) do Grupo TIM foram estabelecidas no plano de negócios da companhia e incluem a busca por eficiência energética, aumentando uso de energias renováveis, e a celebração de contratos com fornecedores sustentáveis.

Como parte de seu planejamento, desde 2022, a tele trabalha visando reduzir em 47% as emissões upstream e downstream (Escopo 3 do Protocolo GHG) até 2030, bem como zerar as emissões líquidas (Escopo 1+2+3) até 2040.

Vale lembrar que a estratégia climática da TIM foi validada, também há dois anos, pela SBTi (Science Based Targets Initiative), uma colaboração entre o CDP, o Pacto Global das Nações Unidas, o Instituto de Recursos Mundiais w o Fundo Mundial para a Natureza.

Na atualidade, o CDP analisa mais de 21 mil empresas em todo o mundo com base em uma metodologia independente para classificar os esforços para mitigar as mudanças climáticas. A pontuação varia de “A”, a nota mais alta, a “D”, a mais baixa. Entre os critérios, a organização leva em conta a conscientização e a gestão de riscos ambientais, a demonstração de melhores práticas ambientais e a definição de metas ambiciosas e significativas.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10397