Governo anuncia corte de R$29,7 bilhões no orçamento

As áreas atingidas serão definidas em decreto, que será publicado até o dia 29

O Ministério da Economia anunciou, nesta sexta-feira, 22, o contingenciamento de R$ 29,7 bilhões de despesas discricionárias (não obrigatórias) do Orçamento Geral da União de 2019,. De acordo com o Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, o corte é necessário para que o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) cumpra a meta de déficit primário de R$ R$ 139 bilhões estipulada para 2019.

Já a distribuição dos cortes, segundo os ministérios e os demais órgãos federais, será definida por decreto de programação orçamentária, editado até o dia 29. A equipe econômica também revisou para baixo o crescimento do PIB de 2,5% para 2,2%.

O bloqueio no orçamento foi influenciado pela estimativa de diminuição das receitas deste ano no total de R$ 29,7 bilhões. As principais reduções foram: receitas administradas (impostos e contribuições), que devem cair R$ 11,1 bilhões; arrecadação da Previdência, com previsão de queda de R$ 6,7 bilhões; e exploração de recursos naturais, devido ao preço do barril de petróleo e do dólar, com expectativa menor em R$ 11,6 bilhões. Por outro lado, houve aumento na previsão de receitas com concessões e permissões (R$ 1,2 bilhão).(Com Agência Brasil)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589