Goldman Sachs compra mais papéis ordinários da Oi

Banco realiza movimentação para fins de investimento, e alega que não tem qualquer interesse em mexer na administração ou controle da tele.

 

shutterstock_ isak55_economia_resultado_bolsa_de_valoresO banco norte-americano de investimentos Goldman Sachs vendeu uma parcela da posição que detinha na Oi. Agora, a instituição financeira detém o equivalente a 9,86% das ações preferenciais da companhia. Em compensação, ampliou a quantidade de ações ordinárias compradas, passando a ter 3,75% do total.

Significa que ontem, quando comunicou a operação, o Goldman Sachs tinha 15.550.159 ações preferenciais e 41.880.653 ações ordinárias.

Segundo o banco, as operações de compra e venda são apenas para fins de investimento. “Não envolve mudança na composição do controle acionário ou na alteração da estrutura administrativa da Companhia”, diz o comunicado.

Em setembro, o banco tinha 10,55% de ações PN e 3,55% de ações ON.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10493