Emprego na indústria eletroeletrônica cresce em julho

Havia 232,6 mil trabalhadores no segmento, número ainda abaixo do patamar de julho de 2019

O número de empregados da indústria eletroeletrônica aumentou em 4.531 vagas no mês de julho, atingindo 232,6 mil trabalhadores, conforme dados do Novo Caged reunidos pela Abinee. Esse resultado é o saldo do nível de emprego do setor, ou seja, a diferença entre admissões e desligamentos.

Esse foi o segundo incremento mensal consecutivo após três quedas seguidas. O nível de emprego sugere recuperação do setor ante a crise de covid-19. Abril foi o mês mais afetado pelos impactos da pandemia, mês em que a indústria eletroeletrônica reduziu seu quadro em quase 9 mil postos de trabalho.

Os incrementos observados nos dois últimos meses compensaram parte das quedas verificadas entre os meses de março e maio. Porém, o total de trabalhadores do setor eletroeletrônico em julho de 2020 ainda é 1,94% inferior ao verificado em julho de 2019 (237,2 mil). Também é menor que o verificado no final do ano passado (234,5 mil).

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10520