Eletronet lança solução IP MultiPoP para o mercado de telecom

Produto é destinado a ISPs e operadoras cujo tráfego IP ultrapasse 10 GB ou tenham mais de 20 mil assinantes
Eletronet lança IP MultiPoP
Eletronet apresenta solução IP MultiPoP para ISPs e operadoras (crédito: Freepik)

A Eletronet, fornecedora de serviços de telecomunicações e conectividade IP por rede de fibra óptica OPGW, anunciou o lançamento do IP MultiPop, solução destinada a provedores de serviços de internet (ISPs) e operadoras que contam com mais de 20 mil assinantes ou cujo tráfego IP ultrapasse 10 GB.

O serviço pode ser usado como alternativa de backup ou como ferramenta para otimização de gestão de tráfego.

Segundo a empresa, o IP MultiPop oferece uma arquitetura de rede distribuída na qual ISPs e operadoras conectadas aos PoPs (Points of Presence, ou pontos de presença) remotos da Eletronet podem utilizar os PoPs Core da companhia, os quais se localizam em São Paulo, Porto Alegre e Fortaleza.

Essa estratégia de redundância é importante para assegurar que os serviços de telecomunicações sejam mais confiáveis para os usuários, garantindo a continuidade dos serviços até mesmo em caso de falhas do PoP principal, diz o gerente de Produto da Eletronet, Célio Mello.

“Se um ponto de presença cair, pode haver uma interrupção nos serviços de telecomunicações fornecidos a partir daquele local. Com a solução IP MultiPoP, o tráfego é roteado para o PoP Core da Eletronet, contratado com base em fatores como latência e infraestrutura, uma vez que o provedor precisa ter uma rede para alcançar o segundo PoP”, explica.

Além disso, a nova solução se diferencia pela possibilidade de adicionar mais pontos de presença à rede, o que faz com que o provedor ou a operadora possam expandir a área de cobertura e a escalabilidade para lidar com um número crescente de usuários, sem sobrecarregar uma única estação. A Eletronet também ressalta que, ao utilizar o IP MultiPoP, a rede ganha em segurança, uma vez que se torna menos vulnerável a ataques maliciosos que possam ter como alvo um único PoP.

Por fim, a companhia informou que o serviço MultiPop é cobrado por acionamento, de modo que o cliente paga proporcionalmente à utilização. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10686