Deslizamentos afetam serviços de telecom no litoral Norte de SP

Operadoras confirmam instabilidade nas cidades afetadas. Chuva matou 48 pessoas, e há outras desaparecidas. Estradas bloqueadas e riscos de novos deslizamentos dificultam trabalhos.

Casas destruídas em deslizamentos na Barra do Sahy após tempestades no litoral norte de São Paulo. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

As chuvas que atingiram o litoral Norte de São Paulo neste Carnaval resultaram em deslizamentos de terra que derrubaram postes e romperam fibras críticas ao transporte de dados  para as cidades da região de São Sebastião, afetando os serviços de telecom.

A tragédia matou 48 pessoas, e não se sabe ao certo quantas estão desaparecidas sob lama e escombros. Dados oficiais dão conta de 38 a 57 vítimas a serem encontradas. Uma importante via de ligação para a região, a rodovia Mogi-Bertioga, foi bloqueada pela terra e deve levar 2 meses até ser liberada novamente. A outra rodovia que chega à região, Rio-Santos, também tem pontos de bloqueio.

Este cenário dificulta o restabelecimento completo dos serviços de telecomunicações para a população da área. Segundo a Anatel, um grupo de acompanhamento está em contato permanente com as operadoras, e houve troca intensa de boletins sobre o status da tragédia nos últimos dias. A população local enfrenta instabilidade das redes.

TIM

Procuradas, as operadoras evitam dar detalhes do quanto suas redes foram afetadas. Por nota, a TIM confirma oscilações e diz que há estruturas atingidas em áreas de difícil acesso. Conta que a maioria das antenas que possui no litoral Norte fica justamente em São Sebastião, a cidade mais afetada pelas chuvas.

“A TIM está trabalhando com toda força, com toda a equipe disponível no litoral norte de SP, para restabelecer serviços de voz e dados na região o mais rápido possível. Contudo, várias vias estão com acesso restrito, permitindo a passagem prioritária de equipes de resgate ou da Defesa civil. A TIM conta hoje com mais de 400 antenas em 5 cidades da região, sendo a grande maioria em São Sebastião, a cidade mais afetada pelas fortes chuvas.”

Vivo

A Vivo informa que seus serviços de voz e dados foram restabelecidos em boa parte das regiões afetadas. “A empresa segue atuando initerruptamente para retomar completamente a operação nas demais localidades e mantém suas equipes técnicas em toda a região. A companhia ressalta que vem utilizando meios alternativos para chegar às áreas ainda de difícil acesso”, diz.

Claro

Na mesma linha, a Claro diz que já opera perto da normalidade, exceto nas áreas onde o estrago é maior. “A Claro informa que a sua rede está funcionando próximo da normalidade no Litoral Norte de São Paulo, sendo que opera com mais de 95% de seus sites. Novos casos específicos estão sendo tratados pontualmente”.

A empresa esclarece que os seus clientes podem ter tido dificuldades para acessar os serviços por conta de rompimento de fibra, ocasionada por quedas de árvores, e também pela falta de energia, causada pelas fortes chuvas na região. Ressalta que, mesmo com acesso limitado em alguns locais interditados, “esteve e está em contato com a companhia de energia elétrica e com equipes técnicas atuando para que os serviços fossem restabelecidos no menor tempo possível”.

Afirma ainda que vai conceder bônus gratuito de internet móvel para todos os clientes da região pelos próximos 7 dias.

“A Claro se solidariza com a população atingida pelas fortes chuvas na região. A operadora irá conceder um bônus gratuito de internet móvel para todos os clientes da região, inclusive para linhas pré-pagas ativas e sem crédito no momento. O bônus tem validade de 7 dias e oferece 5GB, que pode ser utilizado também em aplicativos de mensagem, buscando auxiliar nas comunicações emergenciais necessárias nesse momento.”

Conexis

A Conexis Brasil Digital, organização que representa Algar, Claro, Sercomtel, TIM e Vivo, afirma que as equipes de manutenção estão trabalhando conforme são liberadas pela defesa civil, uma vez que a locomoção é precária e traz riscos aos técnicos.

“As operadoras de telecomunicações seguem atuando em razão dos impactos das fortes chuvas nos municípios do litoral de São Paulo e trabalhando para o reestabelecimento dos serviços prejudicados. As equipes estão trabalhando conforme as orientações da Defesa Civil e das prefeituras locais para realizarem as manutenções no menor tempo possível, em segurança, para o reestabelecimento dos serviços”, diz a Conexis sobre como as chuvas afetaram os serviços telecom no litoral Norte.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4225