Desktop prevê aumento de capital que pode chegar a R$ 300 milhões

Acionistas terão direito de preferência e fundo de investimento HIG já manifestou interesse em acompanhar a subscrição de novas ações
Desktop Internet faz aumento de capital. Crédito-Freepik
(crédito: Freepik)

A provedora de Internet Desktop autorizou aumento de capital da empresa que terá um valor mínimo de R$ 120 milhões e máximo de R$ 300 milhões. Para isso, serão emitidas cerca de 13 milhões de ações no primeiro caso e até 33 milhões no segundo caso.

A justificativa para esse processo é fortalecer a estrutura financeira  da Desktop a fim de acelerar sua trajetória de crescimento orgânico e inorgânico. Segundo a empresa, já estão mapeadas diversas oportunidades com elevado potencial de geração de valor para os acionistas no longo prazo, mantendo níveis de endividamento saudáveis.  A empresa tem sido constantemente associada a interesses em novas aquisições.

 

A Desktop está presente em mais de 50 cidades do interior de São Paulo, em algumas delas inclusive assumindo a liderança. No ano passado, lançou seu IPO que foi concluído com sucesso e capitalização de R$ 715 milhões.

Acionistas com preferência

A Desktop Internet a recebeu indicação do acionista Makalu Brasil Partners I J – Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia Investimento no Exterior que pretende subscrever, diretamente ou por meio de uma afiliada, o aumento de capital. O fundo HIG detém 39% das ações da empresa e provavelmente fará uma subscrição para, no mínimo, manter esse percentual.

O direito de preferência será dado aos atuais acionistas e poderá haver diluição societária da participação  caso não haja a opção por exercer o direito de subscrição das novas ações.

Após o aumento de capital e a destinação da parcela de R$50 milhões  para a conta de reserva de capital, o capital social da Companhia, atualmente no valor de R$ 791 milhões passará para R$ 861 milhões no caso do aumento mínimo e pode chegar a  R$ 1 bilhão.

A provedora de banda larga registrou crescimento de 1,4% de sua base em outubro conforme levantamento divulgado hoje pela Anatel. A Desktop atingiu uma base de 756 mil usuários. Durante o mês houve uma retração geral de 0,3%, praticamente estável em relação ao mês anterior.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10373