Compra da Vonage pela Ericsson é autorizada nos Estados Unidos

Anunciada no ano passado, a finalização do acordo de US$ 6,2 bilhões -- que tinha essa autorização pendente - foi transferida do primeiro semestre para o final de julho

A autoridade de investimento estrangeiro dos EUA (CFIUS) aprovou a compra da Vonage pela Ericsson por US$ 6,2 bilhões. Essa é a última aprovação necessária para o fechamento do acordo e vinha sendo postergada para análises mais profundas, o que levou a empresa sueca no mês passado anunciar que a conclusão da aquisição seria postergada do final do primeiro semestre para o fim de julho. O anúncio do sinal verde aconteceu uma semana antes do prazo final estendido. 

A transação foi a anunciada em novembro do ano passado mas em fevereiro a Ericsson foi envolvida em uma investigação nos Estados Unidos sobre pagamentos ao Estado Islâmico, o que resultou em uma apuração com vários órgãos de segurança e levou a (CFIUS) a ser mais cautelosa. Entretanto, a aquisição foi liberada o que significa que não há riscos envolvidos na compra da empresa estadunidense pela gigante sueca.

A aquisição da Vonage é parte da estratégia da Ericsson de reforçar o crescimento da área móvel corporativa com a oferta de uma plataforma de serviços de comunicação. Ao anunciar a disposição de compra , a empresa comunicou que a combinação da base de clientes e da comunidade de desenvolvedores da Vonage traria novas oportunidades para a companhia. Essas experiências serão enriquecidas com o 5G e permitirão uma transformação digital mais acelerada.

Segundo a companhia, a longo prazo ela deverá criar uma plataforma global para inovação em rede aberta, construída com base nas soluções que virão da aliança Ericsson e Vonage.  Com a parceria, a Vonage terá acesso às redes de API para 4G e 5G globais de forma unificada. Isso permitirá que provedores de serviços de comunicação monetizem sua infraestrutura de rede ao criar novas fontes de renda baseadas em API. A fusão entre as companhias contou com aprovação unânime pelo Conselho Administrativo da Vonage.

A Plataforma de Comunicação da Vonage (VCP), baseada em nuvem, tem 120 mil clientes e cerca de 1 milhão de desenvolvedores inscritos. A plataforma oferece soluções UCaaS (Unified Communications as a Service) e CCaaS (Contact Center as a Service). A VCP responde por 80% da receita da companhia, cujas vendas foram de US$ 1,4 bilhão no ano entre setembro de 2020 e de 2021.

 
Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10596