Com lucro em alta em 2022, Nokia fala em “demanda robusta” para este ano

Companhia finlandesa projeta mais um ano de crescimento, após lucro líquido avançar 27% no quarto trimestre do ano passado
Lucro da Nokia cresce em 2022
Lucro da Nokia cresce em 2022 e empresa projeta 2023 positivo (crédito: Freepik)

A Nokia divulgou, nesta quinta-feira, 26, os resultados financeiros do quarto trimestre e do ano passado completo. O lucro líquido da companhia finlandesa cresceu 27% entre outubro e dezembro de 2022, chegando a 929 milhões de euros (aproximadamente US$ 1,009 bilhão), na comparação com o mesmo período do ano anterior (731 milhões de euros, ou US$ 794,2 milhões).

Observando o ano de 2022 integralmente, a Nokia teve lucro líquido de 2,481 bilhões de euros (US$ 2,695 bilhões), alta de 18% sobre o apurado em 2021.

No quarto trimestre, a receita cresceu 16%, chegando 7,449 bilhões de euros (US$ 8,093 bilhões). Em todo o ano passado, o faturamento foi de 24,911 bilhões de euros (US$ 27064 bilhões) e, com isso, cresceu 12%.

“Dissemos no início de 2022 que seria um ano de aceleração e cumprimos o que prometemos”, destacou, em comunicado, Pekka Lundmark, presidente e CEO da Nokia. “A equipe da Nokia fez um ótimo trabalho ao lidar com os desafios geopolíticos, econômicos e de abastecimento, executou com sucesso nossa estratégia e apresentou um forte desempenho durante todo o ano”, completou.

As divisões da empresa também registraram resultados positivos no quarto período do ano passado. As vendas do setor de Infraestrutura de Rede cresceram 14%, enquanto as de Redes Móveis avançaram 3%. Os Serviços de Nuvem e Rede tiveram alta de 5%. Já a unidade Nokia Technologies registrou uma expansão considerável de 82%.

A expectativa da multinacional finlandesa para 2023 é de que a receita fique entre 24,9 bilhões de euros (US$ 27,05 bilhões) e 26,5 bilhões de euros (US$ 28,79 bilhões). Com isso, o faturamento deve crescer de 2% a 8%.

“Olhando para 2023, embora estejamos atentos às perspectivas econômicas incertas, a demanda permanece robusta. Esperamos mais um ano de crescimento”, afirmou Lundmark.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10485