Claro e Embratel anunciam parcerias para novos negócios

Claro divulga parcerias em programa voltado à inovação no agronegócio, o Transforma Agro. Já a Embratel entregou projeto de rede privada para o Makro Atacadista.
Claro e Embratel anunciam parcerias para novos negócios
Crédito: Freepik

A operadora Claro anunciou parcerias com o Parque Tecnológico Itaipu, a Coopavel Cooperativa Agroindustrial e o Exohub para realizar o Transforma Agro, programa que tem como objetivo ampliar o uso da tecnologia na agricultura para pequenos, médios a grandes produtores.

A proposta do Transforma Agro, da Claro, é “um movimento de transformação digital para revolucionar o agronegócio na região Oeste do Paraná como uma das mais tecnológicas do Brasil”, segundo divulgou a operadora.

Estruturado para responder aos principais desafios do agro, o programa conta com três temáticas principais: integração de dados da cadeia produtiva do agronegócio (cooperativismo de dados), aplicações inteligentes para o campo e automação e robotização no agronegócio.

Para o desenvolvimento do programa, a Coopavel Cooperativa Agroindustrial, o Parque Tecnológico Itaipu — Brasil (PTI-BR), e Exohub criaram o Espaço Impulso. Trata-se de uma fazenda digital permanente de 720 mil metros quadrados de área, que será um HUB de inovação, onde startups, empresas e universidades poderão testar e validar soluções para as demandas do cooperativismo e do agronegócio.

A Claro, que no ano passado já havia criado outro projeto de inovação para o agronegócio, viabilizará toda a infraestrutura de conectividade para o desenvolvimento e testes das soluções.

O lançamento oficial da parceria será durante o Show Rural Coopavel, entre os dias 7 e 11 de fevereiro, em Cascavel, no Paraná. O objetivo é atrair startups e cooperados para participar desse ecossistema que será montado na cidade.

A participação da operadora no projeto inclui a atuação estratégica do beOn Claro, seu hub de inovação, e prevê a implementação de um ambiente de cocriação e testes no Espaço Impulso para viabilizar a oferta de soluções 4.5G, NB-IoT/Cat-M1 para o mercado Agro.

“O agronegócio é um dos principais pilares de atuação da Claro. Temos diversas iniciativas voltadas para a inovação no segmento e a participação neste importante programa reforça o nosso compromisso com o setor, para o desenvolvimento de soluções customizadas, que agreguem valor aos produtores, otimizem processos e aumentem o valor dos negócios”, diz Eduardo Polidoro, diretor de IoT da Claro.

Embratel

Enquanto isso, a Embratel, operadora voltada ao segmento corporativo do grupo Claro Brasil, anunciou projeto com a rede Makro Atacadista para implementação da SD-WAN (Rede Definida por Software), que fornece controle inteligente de conexões, conectividade segura e otimização nas aplicações.

A parceria criou uma rede privada em nuvem, com composição híbrida integrando acessos à internet com redes MPLS tradicionais, para troca de informações ágeis entre as mais de 40 unidades de negócio no Estado de São Paulo, entre lojas, escritórios, centros de distribuição e postos de combustíveis, além do suporte de conectividade do home office.

O gerenciamento da solução SD-WAN Embratel é realizado por meio de um portal web. Nele, usuários predefinidos têm acesso aos fluxos de tráfego da rede corporativa, podendo ajustá-los de acordo com as suas necessidades entre os pontos da rede. A Embratel ainda fornece atendimento ao cliente 24 horas por dia, 7 dias por semana. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10510