Cade aprova aliança entre Cisco e Ericsson

Autarquia autoriza Ericsson a revender soluções da Cisco, integrando-as a suas próprias tecnologias.

acordo-aperto-de-mao-negocio-cumprimentoO Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou ontem, 01, a aliança firmada mundialmente entre Cisco e Ericsson para venda conjunta de soluções. O acordo foi fechado no ano passado em resposta a movimentos de consolidação entre fornecedores de infraestrutura de telecom.

As empresas descreveram a iniciativa, no Brasil, como autorização para a Ericsson comercializar tecnologias da Cisco. No curto prazo, as companhias pretendem desenvolver soluções integradas, e no longo prazo, desenvolver juntas novas tecnologias de infraestrutura de TI.

O contrato prevê acordo de revenda, licenciamento tecnológico, intercâmbio de patentes, e subcontratação de serviços (em que uma pode contratar a outra para prestar serviços aos clientes). O parecer do Cade afirma que o negócio não traz “impactos concorrenciais negativos” nos mercados em que as empresas trabalham – roteadores, switches, núcleo de rede, equipamentos sem fio, soluções técnicas de TV paga e serviços de TI.

Um dos argumentos que levou à aprovação reside no fato de o acordo não ser uma fusão ou joint-venture. “De fato, não haverá nova entidade corporativa ou transferência de ativos, e as Partes continuarão livres para competir, inclusive uma com a outra, e seguir vendendo por meio dos canais existentes e revendedores”, destaca o parecer do CADE. O parecer foi aprovado pelo super-intendente Eduardo Rodrigues, e o despacho, publicado hoje, 02, no Diário Oficial da União.

O mercado brasileiro era um dos poucos em que faltava o aval regulatório para que a aliança fosse implementada. Na Europa e América do Norte, as empresa já colhem resultados da união.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10597