Banda larga fixa 5G dispensa visita técnica e já chegou ao Brasil

Tecnologia utiliza da rede móvel 5G para oferecer banda larga fixa, combinando ao WiFi 6 e auto instalação.
Modem Intelbras será usado pela Claro na entrega de banda larga fixa via 5G
Modem Intelbras, desenvolvido junto com a Qualcomm, será usado pela Claro na entrega de banda larga fixa via 5G

Imagine contratar uma banda larga fixa sem necessidade de agendar visita técnica nem passar cabos por conduítes entupidos? Bastaria o cliente comprar um modem capaz de captar o sinal da rede celular e irradiá-lo pela casa ou empresa já convertido ao padrão WiFi. Essa modalidade de banda larga fixa que usa a rede 5G é conhecida por FWA, e acaba de estrear em cinco cidades brasileiras.

A Claro é a primeira operadora a lançar no país planos de internet residencial utilizando a rede móvel 5G como acesso fixo sem fio (Fixed Wireless Access – FWA), com velocidades de até 1Gbps. O novo portfólio de internet móvel 5G+ da tele utiliza as frequências 2,3 GHz e 3,5 GHz arrematadas no último leilão da Anatel.

O serviço está disponível a partir de hoje, 2 de agosto, tanto para clientes do segmento residencial, como para empresas de pequeno e médio porte, em áreas onde há cobertura de quinta geração pela companhia das cidades de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília.

Segundo a Claro, será feita expansão gradativa para as demais regiões do país. Além de contratar um dos novos planos, o cliente deve comprar um modem 5G da Claro com WiFi 6.

Os primeiros modems Claro 5G+ com WiFi 6 serão fornecidos pela Intelbras, com o chipset da Qualcomm. Ele capta o sinal de banda larga móvel e oferece conexão sem fio para todos os dispositivos dentro da casa ou escritório. O modem conecta até 128 dispositivos simultâneos.

Para isso, é preciso seguir as orientações de auto instalação, inserindo o chip 5G no equipamento e conectando na tomada. Nada mais. Não há envolvimento de equipe técnica ou necessidade de agendamento de visitas, uma vez que o usuário se encarrega da instalação, que é quase igual à experiência de ativar um novo smartphone.

A companhia diz que é possível levar o modem para outros locais além da casa do cliente. Mas nestes casos, é possível que funcione apenas conectado à rede 4G, que não entrega velocidades de até 1 Gbps no pico como acontece com o 5G.

Além das pessoas que ocasionalmente querem transportas sua rede doméstica para algum canto, a Claro aposta também na venda para empresas ou residências que precisem de uma segunda conexão de banda larga como backup.

“Hoje reforçamos mais uma vez o pioneirismo da Claro ao lançar a primeira ultra banda larga sem fio do país, por meio da nossa rede 5G de última geração. Sendo um dos serviços mais relevantes viabilizados através da nova tecnologia 5G, a Claro traz ele em primeira mão para seus clientes”, destaca Fabio Nahoum, Diretor de Produtos e Proposta Valor da Claro.

Diferente de banda larga via fibra, os novos planos possuem franquias mensais de 200GB e 400GB de dados. E não se trata de um serviço de baixo custo, muito em função do modem, cujos componentes ainda são caros e importados.

A assinatura sai por R$199,90 (200 GB) e R$399,90 (400 GB) por mês. Já o modem Claro 5G+ com WI-FI 6 pode ser adquirido por R$999,90, contando com uma oferta especial de R$799,90 para clientes que contratarem o maior plano. Caso o cliente deseje contratar sem o desconto e sem contrato por um ano, o aparelho tem o valor de R$ 1.199,90.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10502