Anatel revisa valor de chamadas de fixo para móvel da Algar

Redução se deveu à existência de saldo remanescente no processo de revisão tarifária do plano básico da concessionária

O Conselho Diretor da Anatel, por meio de circuito deliberativo, aprovou a revisão tarifária do valor cobrado pelo uso de redes móveis (VU-M) entre a Algar Telecomunicações e a Algar Celular. A repactuação se deveu a cálculo de saldo remanescente do processo de revisão da nova tarifa do plano básico da concessionária.

Com a revisão, a tarifa a ser cobrada por chamadas locais de fixo para celular é de R$ 0,19569 no horário normal e de R$ 0,13698 no horário reduzido. Nesses valores não estão adicionados os impostos e contribuições sociais.

A decisão revoga parcialmente o Anexo I do Ato nº 852/2018, de 5 de fevereiro de 2018, somente no que diz respeito às tarifas homologadas para a concessionária do STFC Algar Telecom, modalidade Local. Também ratifica a data-base para futuros reajustes tarifários da concessionária que é 25 de janeiro de 2017, tomando-se o Índice de Serviços de Telecomunicações (IST) relativo ao mês de junho de 2016 como básico para o cálculo do reajuste.

 

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10686