Abrasat firma acordo de cooperação com entidade indiana de satélites

Memorando de Entendimento prevê colaboração tecnológica entre as associações e aproximação de empresas para fomentar o mercado satelital de Brasil e Índia
Abrasat assina acordo de cooperação com entidade indiana de satélites SIA-Índia
Cooperação na área de satélites foi firmada entre Abrasat e SIA-Índia (crédito: Freepik)

A Associação Brasileira das Empresas de Telecomunicações por Satélite (Abrasat) e a entidade indiana Satcom Industry Association (SIA-Índia) assinaram um Memorando de Entendimento (MoU, na sigla em inglês) para colaboração no setor aeroespacial.

Em comunicado, a Abrasat informou que o MoU abre caminho para empreendimentos inovadores e cooperação tecnológica entre as associações de satélites. A expectativa é de que a parceria facilite a expansão dos negócios e a colaboração entre Brasil e Índia em diversas áreas, como comunicação por satélite, lançamento de foguetes e satélites, desenvolvimento de carga útil, plataformas de satélites e instrumentação terrestre.

“Essa parceria significativa tem como objetivo defender os interesses da indústria de satélites de ambas as nações, fomentando a colaboração e o avanço no domínio espacial”, afirma a entidade brasileira, em nota.

Além disso, o MoU deve permitir que empresas explorem as novas dinâmicas do mercado satelital, como desenvolvimento de infraestrutura, avanços tecnológicos, fontes de financiamento e investimentos privados. Também está prevista uma plataforma aproximar empresários do setor.

Sobre a parceria com a entidade indiana, Mauro Wajnberg, presidente da Abrasat, ressaltou que Brasil e Índia têm histórico positivo de colaboração no setor espacial, citando o lançamento do satélite Amazonia 1 – o equipamento de observação da Terra foi lançado ao espaço em fevereiro de 2021, no Centro Espacial Satish Dhawan, em Sriharikota, na Índia

“Este MoU estabelece as bases para um avanço significativo no fortalecimento de laços e na abertura de novas oportunidades para colaboração e benefício mútuo, com foco em áreas e aplicações muito diversas, visando alavancar a indústria de satélites de cada país”, disse Wajnberg.

Em nota, a associação indiana destacou que as empresas de satélites de ambos os países devem aprofundar a cooperação em tecnologias emergentes, como banda larga satelital, além de iniciativas de inclusão digital, radiodifusão, navegação, sensoriamento remoto, aplicações militares e defesa e sistemas de respostas a emergências.

“Essa parceria estratégica ajudará a indústria de satélites de ambos os países a facilitar uma conectividade regional e global contínua, possibilitando comunicação confiável, transmissão de dados e compartilhamento de informações em diversos setores e regiões geográficas, desde áreas remotas carentes de infraestrutura terrestre até operações críticas em defesa e cenários de emergência”, assinalou Subba Rao Pavuluri, presidente da SIA-Índia.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10693