79% das transações bancárias são feitas pelo celular

O dado relativo a 2023 é da Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária. Só o mobile banking responde por 70% das transações, um aumento de 251% entre 2019 e 2023
Transações bancárias pelo celular cresceram 251% entre 2019 e 2023, segundo pesquisa da Febraban | Foto: Tele.Síntese
Transações bancárias pelo celular cresceram 251% entre 2019 e 2023, segundo pesquisa da Febraban | Foto: Tele.Síntese

Os brasileiros preferem os canais digitais para fazer transações bancárias. Praticamente 8 em cada 10 delas, isto é, 79%, são feitas por mobile banking, internet banking e apps de mensagens, como mostra a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária, feita pela consultoria Deloitte.

O uso dos apps bancários no celular assume com folga a dianteira nessa lista de preferência, sendo responsáveis por 70% do total. Foram 130,7 bilhões de operações bancárias pelo celular em 2023, um aumento de 22% em relação ao ano anterior. Nos últimos anos, o uso desse canal deu um salto. Entre 2019 e 2023, o crescimento foi de 251% no país.

Internet Banking

Já o internet banking vem em segundo lugar, com 9%. Nesse caso, o índice vem caindo. O volume de transações por esse meio baixou de 18% para 9% do total desde 2019.

O mobile banking é mais utilizado por pessoas físicas. Esses usuários representam 90% do total. Já o internet banking é mais utilizado por empresas. Elas são 74% dos usuários desse canal.

Quanto à utilização de apps de mensagem instantânea, que começou mais recentemente, ainda é pouco utilizado, representando 0,07% das transações. No entanto, vem crescendo. Entre 2022 e 2023, o total de operações por essa via passou de 70,9 milhões para 125,2 milhões, um aumento de 76%

“O celular se consolidou como o canal preferido dos brasileiros para suas operações bancárias. A pesquisa mostra mais uma vez a grande aceitação do público com o mobile banking, devido à eficiência e praticidade nas operações do dia a dia. O brasileiro é um povo tecnológico e a tendência é que as transações com o smartphone continuem em ascensão”, avalia Rodrigo Mulinari, diretor responsável pela Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária.

Transações bancárias pelo celular cresceram 251% entre 2019 e 2023, segundo pesquisa da Febraban | Foto: Tele.Síntese

Em relação ao volume total, somados todos os meios, incluindo as agências físicas, a pesquisa da Febraban mostra que foram realizadas 186 bilhões de operações bancárias em 2023.

O número representa um aumento de 19% em relação ao ano anterior e um crescimento de 115% quando comparado a 2019, resultado puxado pela expansão do uso dos canais digitais.

Avanço do Pix em todas as formas de pagamento

O volume de transações via Pix cresceu 74% entre 2022 e 2023, segundo dados do Banco Central (BC) e a pesquisa da Febraban aponta que esse avanço ocorreu em todas as formas de pagamento: QR Code dinâmico (254%), QR Code estático (194%), inserção manual de dados (51%), com chaves Pix (44%) e como iniciador de pagamentos (25%).

“O Pix veio para revolucionar o mercado financeiro e continua constantemente nos surpreendendo. Suas operações continuam em ascensão e batem consecutivos recordes”, afirma Mulinari.

O levantamento indica ainda que, quase metade do total de usuários cadastrados no Pix faz cerca de 30 operações mensais para pessoas físicas e 50 para pessoas jurídicas.

A pesquisa da Febraban contou com a participação de 21 bancos que, juntos somam 80% dos ativos bancários do Brasil. Esse é o segundo volume do levantamento, que tem 2023 como ano-base. O primeiro volume da pesquisa, divulgado em abril, revelou a estimativa de investimento dos bancos em tecnologia para 2024. O valor chega a R$ 47,4 bilhões, o dobro de oito anos atrás.

A divulgação dos dados foi realizada em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 26 de junho, no Febraban Tech, evento de tecnologia e inovação organizado pela Febraban, que acontece até amanhã, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

 

 

Avatar photo

Simone Costa

Artigos: 47