5.5G é oportunidade para teles monetizarem as redes, indica Huawei

Fabricante diz que tecnologia móvel de meio de geração viabilizará a economia inteligente em cima de aplicações que requerem conexões robustas e baixa latência
Redes 5.5G serão oportunas para telas monetizarem a quinta geração, diz Huawei
Peng Li, presidente de Vendas e Serviços de TIC da Huawei, discorre sobre as oportunidades das redes 5.5G no MWC (crédito: Reprodução/MWC)

Para a Huawei, as operadoras de telefonia móvel terão grandes oportunidades de rentabilizar os investimentos feitos nas redes 5G com o lançamento da tecnologia de meio de geração, o chamado 5.5G ou 5G Avançado.

Em palestra no Mobile World Congress (MWC) 2024, em Barcelona, nesta terça-feira, 27, Peng Li, presidente de Vendas e Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da fornecedora, indicou que a versão turbinada da quinta geração móvel viabilizará a economia digital, ecossistema que atingirá, segundo a Huawei, valor próximo a US$ 19 trilhões (aproximadamente R$ 93,7 trilhões) até 2030.

O executivo reforçou a projeção com base na crescente demanda por aplicações que requerem conexões robustas e baixa latência, como óculos 3D para realidades aumentada (AR) e virtual (VR) ou streaming ao vivo com alta qualidade. Em sua avaliação, trata-se de “oportunidades para operadoras monetizarem o mercado de conectividade”.

Li ainda assegurou que os casos de uso do 5.5G não se limitarão ao mercado de entretenimento. Ele citou que a tecnologia, que promete fornecer velocidades de download de 10 Gbps, deve ser utilizada em projetos de cidades inteligentes, veículos e estádios.

Na esteira de novidades, também citou soluções capazes de aumentar a eficiência de serviços de outros setores. Como exemplo, apontou que, em caso de acidente de carro, um consumidor poderá acionar a seguradora por meio do 5G New Calling, uma esperada nova ferramenta de voz, reduzindo o tempo de espera para ser atendido. “Os consumidores ficarão felizes em pagar por isso”, garantiu.

Às vésperas do MWC, a Huawei sinalizou que redes 5.5G podem ser lançadas comercialmente ainda este ano. Na feira, apresentou um novo núcleo de quinta geração móvel avançada para dar suporte às operadoras.

“Poderemos avançar pelo mundo inteligente com as redes inteligentes”, disse Li. “As oportunidades [do 5.5G] são ilimitadas. Vamos construir essas redes para as aplicações modernas”, conclamou pares do setor.

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 729