SmartCities Mundi 2022 | Paulo Curado – Diretor de Inovação do CPQD

Melhorar a qualidade de vida deve ser o objetivo das cidades inteligentes

Os atributos da cidade inteligente não podem se resumir a cidades mais digitais e tecnológicas. Precisam aumentar o ritmo de entrega para a sociedade, defende Curado. “Não se pode transferir a burocracia existente no mundo real para o mundo digital”, alerta.

Para mais informações: https://www.eventos.momentoeditorial.com.br/smart-cities-mundi-2022/

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10510