Parceria TIM + Ampli oferece graduação EAD totalmente pelo celular

Operadora investe na educação superior com foco em profissões com maior demanda no mercado e tendência de crescimento no futuro.
Graduação EAD com desconto vale para clientes TIM (Crédito: Freepik)

Após quase um ano de parceria, a TIM e a edtech Ampli já proporcionaram o acesso de 150 mil clientes da operadora a cursos com certificação concluídos totalmente pelo celular. A colaboração oferece acesso a 400 cursos gratuitos além de graduação EAD com mensalidades a partir de R$ 99.

A Head Digital Education Services da TIM Brasil, Leonarda Ofranti, detalhou a iniciativa em painel do evento Edtechs e as Escolas Públicas, realizado pelo Tele.Síntese, nesta sexta-feira, 5.

Leonarda explicou que a parceira faz parte da estratégia customer platform da operadora. “A gente tenta buscar no mercado de educação um posicionamento inovador, uma proposta de valor distinta e uma geração de equity value [patrimônio] para agregar isso à TIM”, disse ela.

A empresa escolheu o mercado de educação superior levando em conta a demanda do serviço no cenário nacional. “A gente tem hoje estimativa que, em EAD, teremos 20 vezes mais ingressantes do que temos hoje até 2025”, afirmou Ofranti.

Como funciona a parceria

A Ampli é uma plataforma de ensino que permite todas as atividades  educacionais por meio do celular, desde o ingresso às provas. A iniciação pode ocorrer em qualquer segunda-feira, sem a necessidade de aguardar o início de um novo semestre. Além disso, os clientes da TIM podem experimentar os cursos gratuitamente por 15 dias.

Como se trata de graduação EAD e o aluno pode cursar no tempo que preferir, é possível a conclusão em até 18 meses, a depender da área. “É menos tempo de estudo e menos gasto, porque são menos mensalidade e o aluno vai mais rápido para o mercado de trabalho”, destaca Ofranti.

Ainda de acordo com a Head Digital Education Services da TIM Brasil, a edtech chamou atenção da operadora também por estar alinhada às tendências do mercado de trabalho. “São cursos que atendem a demanda, como estética, engenharia de software e finanças na área digital”, exemplifica.

“A Educação  é um combo em que estamos investindo bastante. Estamos trabalhando para democratizar a educação no Brasil e buscar a empregabilidade, porque a gente sabe que, no final, a educação transforma vidas e gera renda”, finaliza Ofranti.

Avatar photo

Carolina Cruz

Repórter com trajetória em redações da Rede Globo e Grupo Cofina. Atualmente na cobertura dos Três Poderes, em Brasília, e da inovação, onde ela estiver.

Artigos: 958