Serpro vai revender serviços em nuvem da AWS para governo e setor privado

Anúncio do resultado de chamamento público feito em novembro foi realizado hoje.

A estatal federal de processamento de dados Serpro anunciou hoje, 2, oficialmente o lançamento da parceria com a Amazon Web Services (AWS). O negócio é resultado de um chamamento público para que fornecedores aceitassem um modelo de partilha de receita. A AWS foi a primeira empresa aceitar.

O Serpro está ainda negociando com a Huawei Cloud, Google Cloud, IBM e outros fornecedores de ambientes em nuvem, com objetivo de passar a revender produtos “multi-cloud”.

O anúncio de hoje prevê que a estatal revenda os serviços em nuvem da AWS tanto para órgãos públicos, como para o setor privado. Marca também a entrada do Serpro no mercado de cloud.

“O futuro é a nuvem, mas existe um processo de transição. Nesse momento, estamos na fase de analisar quais os sistemas existentes podem ser migrados para o ambiente e quais clientes demonstram interesse por esse serviço. Também estamos desenhando soluções em inteligência artificial, virtualização de áreas de trabalho e segurança da informação”, explicou o diretor de Operações do Serpro, Antonino dos Santos Guerra.

O contrato com a AWS foi formalizado a partir de um chamamento público, aberto em novembro do ano passado pelo Serpro, que reuniu grandes empresas para parcerias em projetos multi cloud. Os acordos acontecem na modalidade “parceria de negócios”, conforme as determinações previstas na Lei das Estatais (Lei 13.303/2016).

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10485