Serasa registra 103 pedidos de recuperação judicial em fevereiro

Solicitações cresceram 87,3% em comparação ao ano passado

Serasa divulga empresas que solicitaram recuperação judicial em fevereiro de 2023. Solicitações cresceram 87,3% em comparação ao ano passado.

Nesta quinta-feria, 16, o Serasa Experian, braço do Serasa para análise de crédito e informações destinadas a negócios, divulgou que no mês de fevereiro foram registrados 103 pedidos de recuperação judicial. A movimentação representa um aumento de 87,3% quando comparado ao mesmo período no ano passado — 55 pedidos foram registrados na época. 

A estagnação econômica do país, inflação e juros altos são os acusados pelo crescimento abrupto dos pedidos. Segundo o economista Luiz Rabi, parte da equipe do Serasa Experian, esses fatores contribuem para o aumento da inadimplência de empresas e consumidores no Brasil. “No caso dos empreendimentos, por acumularem uma quantidade enorme de dívidas, acabam entrando em risco de insolvência e alimentando as estatísticas de falências e de recuperações judiciais”, comentou Rabi.

Micro e pequenas empresas (MPEs) foram as mais afetadas, com mais pedidos de recuperação judicial, destaca o Serasa. Segundo os dados divulgados, 59 empreendedores locais solicitaram recuperação judicial em fevereiro desse ano, um aumento de 24 novos pedidos. Em fevereiro de 2021, 35 pedidos foram realizados. 

As médias empresas também sentiram os efeitos da crise, no último mês,  35 solicitaram recuperação judicial.  Em 2021, no período homólogo, apenas 15 encontravam-se na situação, um acréscimo 20 novos pedidos. Por fim, grandes empresas foram as menos afetadas, crescendo de 5 para 9 solicitações em um ano. 

Analisando todas as solicitações e segmentando, o comércio foi aquele que mais necessitou de ajuda — 36 pedidos. Em seguida, as empresas de serviço, 33 requisições, seguidas pela indústria, 21, e setor primário, 13. Por fim, as declarações de falência também cresceram 38,7%, saindo de 62 em fevereiro de 2021 para 86 neste ano. Nesse recorte, as micro e pequenas empresas também lideraram o ranking, com 50 solicitações. As grandes seguiram, com 19 requerimentos, já as médias registraram 17.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10673