Será ativado em maio o site do Observatório Brasileiro de Inteligência Artificial

Iniciativa faz parte da parte da estratégia do governo federal para reunir indicadores sobre o impacto dos avanços da IA

Em sintonia com a elevação do debate mundial e no Congresso Nacional sobre impactos dos avanços tecnológicos acessíveis na internet, será ativado em maio o site do Observatório Brasileiro de Inteligência Artificial (OBIA).

A iniciativa integra as ações previstas pelo governo federal dentro da Estratégia Brasileira de Inteligência Artificial (EBIA), que será revisada com base na geração de indicadores para orientar a adoção e o desenvolvimento da IA no Brasil.

Conexão Brasil-África - Demi Getschko | Diretor Presidente do Nic.Br
Conexão Brasil-África – Demi Getschko | Diretor Presidente do Nic.Br

“Estamos fazendo as últimas revisões”, afirmou o engenheiro eletricista Demi Getschko, considerado o “Pai da Internet no Brasil”, durante o evento Conexão Brasília-África, realizado ontem e hoje em Brasília, pelo Tele.Síntese e Arctel

O OBIA será destinado a desenvolver princípios éticos para a IA responsável, reduzir barreiras, capacitações, inovação e ambiente de cooperação.

Recursos do .br

Getschko é presidente do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), uma entidade privada sem fins lucrativos responsável por manter os domínios .br funcionando 24 horas por dia.

Segundo ele, o OBIA foi criado para realizar pesquisas sobre o tema, abrangendo seu uso em áreas públicas e privadas, a exemplo de saúde, educação e indústria. Ele defende um olhar crítico sobre a regulamentação da IA, conforme prevê projeto em andamento no Congresso.

“O Observatório vai gerar subsídios, não toma nenhuma decisão política e esses dados servem para apoiar a direção você vai tomar a partir dos dados independentes”, explicou o gestor. Na opinião dele, por mais trabalhoso que pareça ser, o caminho seguro passa pela responsabilização objetiva do uso.

Também lembrou que, no dia 18 de abril, o domínio .br comemorou 35 anos de criação. “Foi um modelo que a gente usou para poder tornar, digamos, auto- sustentável a internet no Brasil”, completou. “Hoje, o .br é um dos domínios mais populares e baratos do mundo [a taxa anual é de R$ 40 por ano], com 5,3 milhões de registros e ocupa atualmente a 6ª posição dentre os mais de 300 existentes.”, contabilizou.

(por Abnor Gondim)

Avatar photo

Colaborador

Artigos: 332