Positivo fornecerá mais de 6.200 equipamentos para projeto de internet nas escolas

Contrato entre a fabricante de computadores e o Gape tem duração de 36 meses e envolve notebooks, projetores e outros dispositivos
Positivo fornecerá equipamentos para programa de internet nas escolas
Fase piloto do programa de internet nas escolas terá equipamentos da Positivo (crédito: Freepik)

O Grupo de Acompanhamento do Custeio a Projetos de Conectividade de Escolas (Gape) aprovou, na semana passada, a assinatura de um contrato entre a Entidade Administradora da Conectividade de Escolas (EACE) e a fabricante de computadores Positivo para fornecimento de equipamentos para a fase piloto do projeto Aprender Conectado. O programa levará banda larga e kits de informática para escolas públicas de todo o Brasil.

Participam da fase piloto dois municípios de cada região do País, em um total de 177 escolas. Nesta etapa, a Positivo fornecerá 6.241 equipamentos. Serão 287 projetores, 287 telas de projeção, 276 carrinhos para armazenamento e recarga dos equipamentos, 463 notebooks para os professores e 4.928 notebooks educacionais para os alunos.

A negociação da compra teve uma diferença de 27% entre as propostas inicial e final apresentadas pela fabricante. O contrato tem duração de 36 meses, incluindo o aluguel e a manutenção dos equipamentos, além de atualização de software e substituição em caso de falha.

Ao final do contrato, os equipamentos serão adquiridos pela EACE e doados às secretarias de Educação.
A fase piloto do projeto Aprender Conectado está em etapa de finalização. A instalação da infraestrutura necessária para a chegada da internet já foi feita em 93% das unidades de ensino. A rede interna, que permite utilizar a tecnologia WiFi, já foi implantada em 94% das escolas.

Integram a fase piloto dois municípios por região. São eles: Pau D’Arco (PA) e Espigão do Oeste (RO), no Norte; Baía da Traição (PB) e Santa Luzia do Itanhy (SE), no Nordeste; Gaúcha do Norte (MT) e Cavalcante (GO), no Centro-Oeste; Berilo (MG) e Silva Jardim (RJ), no Sudeste; e Entre Rios (SC) e Coronel Domingos Soares (PR), no Sul.

O projeto de conectividade nas escolas conta com recursos da ordem de R$ 3,1 bilhões oriundos do edital do 5G. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10570