Motorola Edge: vendas começam em 14 de julho

Venda se inicia no mesmo dia da ativação da rede 5G da Claro. Preços são de R$ 5,5 mil para o Edge e R$ 8 mil para o Edge+

As vendas do primeiro smartphone compatível com redes 5G do Brasil, o Motorola Edge, começam no dia 14 de julho. A partir de hoje, 2, os interessados podem reservar o aparelho, que ficará em pré-venda até lá. O preço é alto: o modelo Edge+ custa R$ 8 mil, enquanto o Edge “normal” sai por R$ 5,5 mil.

O início da venda do aparelho se dará simultaneamente à ativação, pela Claro, da primeira rede comercial 5G do país. A operadora anunciou, também nesta quinta-feira, que recorreu à tecnologia Dynamic Spectrum Sharing (DSS), desenvolvida pela Ericsson, para utilizar o espetro que já possui tanto para 5G, como para celulares mais antigos, 4G ou 3G.

A empresa não revelou ainda, no entanto, em quais cidades haverá a cobertura móvel de quinta geração.

Smartphone Premium

O Edge+ foi anunciado lá fora no começo do ano. Chega ao Brasil com objetivo de ser o “flagship”, aparelho topo de linha da Motorola. Ele tem uma tela de 6,7 polegadas que se curva 90 graus nas laterais, sensor de câmera traseira de 108 MP, processador Qualcomm Snapdragon 865 e 12 GB de RAM.

Tem ainda mais duas câmeras traseiras, além da principal: uma teleobjetiva de 8 MP e uma com lente ultra grande angular, com sensor de 16 MP. A câmera tem ainda estabilização óptica de imagem. A bateria é de 5 mil mAh, e o sistema operacional é o Android 10.

Já o Edge normal possui o também três câmeras traseiras, mas o sensor da principal é de 64 MP. Mas traz processador Snapdragon 765, 6G de RAM, bateria de 4,5 mil mAh.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10563