MCTIC cria grupo de trabalho para responder à CGU por plataforma Aquarius

A plataforma Aquarius, foi criada em 2012 e descontinuada em 2015

O Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações publicou hoje, 22, portaria criando um grupo de trabalho para, em 90 dias responder às perguntas da CGU sobre a plataforma Aquarius.

Criada em 2012, em código aberto, a plataforma pretendia contemplar todos os sistemas de informação do Ministério. Em 2015, ela é encerrada por “falta de produto e demandas diferenciadas do Centro Tecnológico do Ministério.

O grupo de trabalho será formado por cinco integrantes, entre eles, da Ouvidoria.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10514