Lucro do Facebook cai 51%

Rede social reconheceu provável multa de pelo menos US$ 3 bilhões no trimestre devido ao tratamento inadequado de dados dos usuários.

O Facebook divulgou ontem, 24, os resultados do primeiro trimestre de 2019. A rede social amargou uma queda de 51% nos lucros, que somaram US$ 2,42 bilhões. A redução se deve a despesas legais de US$ 3 bilhões com um processo junto à Federal Trade Commission (FTC) nos Estados Unidos, que por não serem dedutíveis, não puderam ser provisionados como impostos.

A empresa de Mark Zuckerberg (foto) diz que o processo ainda não se encerrou, mas que considera provável a perda dos US$ 3 bilhões. A multa se refere a práticas de uso de dados dos membros da rede social. A multa, no entanto, pode ser ainda maior, e chegar a US$ 5 bilhões.

“A questão permanece em aberto e não temos como dizer quando ou em que termos se resolverá”, diz a empresa, no balanço.

As receitas cresceram 26% na comparação com o mesmo período de 2018, e somaram US$ 15 bilhões. Praticamente a totalidade foi obtida com publicidade. E disso, 93% veio de publicidade em dispositivos móveis. A companhia terminou março com 1,56 bilhão de usuários ativos diários (DAUs), 8% mais que um ano antes. Os ativos mensais somaram 2,38 bilhões, também 8% mais.

A companhia investiu US$ 3,96 bilhões entre janeiro e março. Também contratou muita gente. A empresa aumentou em mais de um terço sua base de empregados em um ano. Terminou o primeiro trimestre com 37,7 mil funcionários, 36% a mais que em março de 2018.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10387