ISPs continuam sustentando alta da banda larga fixa

Em janeiro, o número de contratos chegou a 29,1 milhões, com avanço de provedores regionais , que foram responsáveis por 290,8 mil dos 336,4 mil contratos novos

O número de acessos em banda larga fixa no Brasil chegou a 29,1 milhões em janeiro de 2018, com aumento de 336,4 mil contratos (+1,17%) na comparação com dezembro do ano passado, conforme dados divulgados nesta segunda-feira (26) pela Anatel. Os provedores regionais tiveram aumento de 290,8 mil contratos em operação (+6,80%), mantendo a forte expansão dos ISPs nesse mercado.

De acordo com o levantamento da agência, os provedores regionais registraram crescimento 3,5 vezes maior do que a soma de todos os grupos com evolução positiva (BT, TIM, Cabo, Algar Telecom, e Claro). Nos últimos 12 meses, foram ativados 2,2 milhões (+8,37%) de novos contratos de banda larga fixa, sendo que os ISPs apresentaram crescimento de 1,6 milhão (+52,52%). Ou seja, essas empresas tiveram um aumento 72,56% maior do que a soma dos demais grupos que também registraram crescimento (Sercomtel, Tim, Sky, Cabo, Algar Telecom, Claro e Vivo).

Em janeiro, a maior redução percentual foi apresentada pela Sercomtel com menos 9,7 mil contratos (-4,31%) e em número absolutos a maior retração foi da Oi com menos 22 mil contratos (-0,35%). Em 12 meses, a Sercomtel, apesar da redução de janeiro de 2018 em relação à dezembro de 2017, apresentou nos últimos 12 meses o maior crescimento quantitativo e percentual, 47,9 mil novos contratos (+28,55%). Reduções foram apresentadas pela Oi, menos 138,1 mil contratos em operação (-2,15%), e BT, menos 2,5 mil (-9,25%).

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10673