Inscrições para o Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações são prorrogadas até 12

As empresas que ainda não inscreveram seus produtos e serviços para a 11ª edição do Anuário podem enviar seus projetos até dia 12.

Inscrições Anário Tele.Síntese de Inovação terminam dia 12

As inscrições para a edição 2022 do Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações foram prorrogadas, mas não deixe
para a última hora. Na sexta-feira, dia 12, fecharemos a base de dados. O Anuário Tele.Síntese traz as principais inovações dos produtos e serviços, desenvolvidos por prestadores de serviços, fabricantes e desenvolvedores de tecnologias, no mercado
brasileiro.

Anualmente, centenas de projetos de mais de cem empresas são analisados por uma comissão de experts, que seleciona as melhores inovações para serem premiadas. Todos os produtos e serviços inscritos na base de dados são registrados e ganham espaço tanto na edição impressa como na digital, que fica em destaque nos portais de notícias e de eventos da Momento Editorial até a edição seguinte.

Além de destacar as inovações apresentadas ao mercado brasileiro, o Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações traz também reportagens sobre as tendências tecnológicas e o cenário de negócios dos segmentos de Comunicação e Internet. Os projetos escolhidos pela comissão de notáveis são premiados nas categorias:

– Operadoras de Serviços de Comunicações e Fornecedores de
Infraestrutura
– Operadoras Regionais de Serviços de Comunicações
– Fornecedores de Produtos
– Fornecedores de Software e Serviços
– Fornecedores de Soluções de IoT
– Startups Digitais

A editora também dá o prêmio Tecnologia Nacional para a empresa que se destacar nesse quesito. Para inscrever um projeto, basta acessar a base de dados com login e senha já enviados quem não recebeu e quiser participar, deve entrar em contato com a Momento Editorial pelo telefone (11) 3124-7444 ou enviar e-mail para [email protected].

Critérios de premiação

Entre os critérios para definir a inovação de um produto ou serviço, o júri considera sua diferenciação em relação às práticas
tradicionais em seu segmento, a melhoria real em relação ao que já existe no mercado e atributos que representem vantagem
para os usuários da empresa. Também é considerado se a concepção e o desenvolvimento do produto/serviço foram
realizados em sua maior parte no Brasil e qual o impacto no mercado brasileiro, no seu campo de atividade ou em tecnologia
futura. O júri é composto por representantes da academia, do governo, da sociedade civil e da Momento Editorial. As Inscrições para o Anuário de inovação

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10693