Inatel cria tecnologia exclusiva 5G para o campo

O instituto desenvolveu um equipamento único no mundo, que fará a 5G chegar em áreas remotas do país.

campo-lavoura

O Inatel apresentou hoje, 31, em Brasília, a tecnologia de quinta geração móvel desenvolvida por ele voltada para atender as áreas rurais brasileiras.

A proposta consiste em adicionar um novo modelo de operação às redes 5G, que permita a oferta de acesso à Internet em localidades remotas com qualidade e um custo acessível. Para isso, o Inatel desenvolveu o transceptor MIMO-GFDM Flexível, único no mundo, e demonstrado hoje.

Segundo o presidente do instituto de Santa Rita do Sapucaí, Marcelo Marques, essa tecnologia irá facilitar o acesso das áreas remotas à tecnologia, melhorar a cobertura nas rodovias e permitir a entrada de novas e pequenas operadoras rurais no mercado.

A tecnologia foi desenvolvida com o apoio do Funttel (Fundo de Desenvolvimento Tecnológico), do MCTIC, que já aportou R$ 20 milhões para o projeto.

 

Avatar photo

Miriam Aquino

Jornalista há mais de 30 anos, é diretora da Momento Editorial e responsável pela sucursal de Brasília. Especializou-se nas áreas de telecomunicações e de Tecnologia da Informação, e tem ampla experiência no acompanhamento de políticas públicas e dos assuntos regulatórios.
[email protected]

Artigos: 2221