Grupo TIM emite mais € 750 milhões em dívida

Em junho, mês de dados mais recentes fornecidos pela companhia, o Grupo TIM possuía dívida bruta de € 31,33 bilhões.

Crédito: Freepik

O Grupo TIM, holding italiana dona da TIM Brasil, informou ao mercado nesta quinta-feira, 21, que emitiu mais € 750 milhões (R$ 3,9 bilhões na conversão cambial) em dívida. A empresa negociou títulos que vencem em 2028 e têm juros de 7,37%. A venda aconteceu a investidores privados, mas a companhia não diz quais nem quantos.

Afirma que esta emissão complementa a realizada em julho, quando também levantou € 750 milhões no mercado, mas com juros de 7,87% na ocasião.

Endividado, o Grupo TIM afirma que o novo financiamento será utilizado na curto prazo para pagamento de dívidas prestes a vencer. Em 19 de janeiro de 2024 vence dívida de exatamente € 750 milhões. Também será destinada a despesas gerais da companhia, inclusive para cobrir os custos da própria emissão.

O acordo para recebimento do valor será fechado oficialmente em 28 de setembro. Os títulos dela resultantes poderão ser comercializados pelos agentes privados que compraram na bolsa de Luxemburgo. O Grupo TIM acredita que as agências de análise de risco Moody’s, S&P e Fitch devem atribuir novas B1, B+ e BB- aos novos papeis.

Os empréstimos recentes mostram que está ficando cada vez mais caro para a TIM tomar dívida no mercado, apesar de esta emissão ter juros ligeiramente mais baixos que a de julho. Os títulos que vencem em janeiro de 2024, por exemplo, tinha taxa de 3,62%. Em 2021, a companhia consegui captar € 1 bilhão graças à emissão de um “green bond”, que trazia compromissos de ESG atrelados. Desde então, as emissões subsequentes tiveram taxa acima de 6,87%.

Em junho, mês de dados mais recentes fornecidos pela companhia, o Grupo TIM possuía endividamento bruto de € 31,33 bilhões.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4191