Gafisa passa a aceitar criptoativos para compra de imóveis

A cotação será no valor do dia do recebimento e o processo na Gafisa passará por estudo de viabilidade de crédito e da origem dos recursos.
Gafisa passa a aceitar criptoativos para compra de imóveis - Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

Reforçando o pilar de inovação da empresa, a Gafisa firma parceria com a exchange brasileira Foxbit para aceitar criptomoedas para o pagamento de apartamentos no ato da compra.

“Existe uma tendência natural de digitalização dos pagamentos. Se pararmos para pensar que o Banco Central vai lançar o real digital em 2022, podemos concluir que, de fato, as moedas digitais estão cada vez mais presentes no mundo”, comenta Guilherme Benevides, CEO Gafisa Incorporadora e Construtora São Paulo.

Foi escolhido para dar início ao projeto o empreendimento Flow by Gafisa, localizado na Rua Nestor Pestana, no bairro da Consolação, na capital paulista, e que tem como alvo um público ligado às tendências de mercado, inovações e iniciativas disruptivas.

O Flow terá 437 unidades residenciais, com apartamentos studios, dois dormitórios e duplex, e metragens variando de 21m2 a 61m2. O empreendimento terá Delivery Room, Bike Storage, praça externa “Relax Place” conectada a um espaço de Coworking, além de um Mini Market para as compras rápidas, uma área de “wellness”, com spa urbano e sala de massagem e Landry Space (lavanderia coletiva com máquinas de lava e seca).

O objetivo da Gafisa com esta iniciativa no Flow é estar de acordo com as tendências do mercado. “Não há como fazer negócios sem aceitar a cripto como forma de pagamento, pois, além de representar mais uma maneira que o comprador pode escolher para realizar o pagamento, a utilização da moeda promove o melhor para nossos consumidores”, comenta Benevides.

A transação para aquisição de imóvel via criptoativos acontece de forma simples: o cliente sinaliza que deseja fazer o pagamento com criptomoeda através de um formulário de intenção, a Gafisa analisa minuciosamente este formulário e, após o aceite e assinatura de Termo de Dação para Pagamento, o comprador transfere o valor para a conta da Gafisa através da Foxbit. A cotação válida será sempre no valor do dia do recebimento e todo o processo passará por um estudo de viabilidade de crédito e da origem dos recursos.

“Estamos muito felizes em poder cada vez mais contribuir para que as criptomoedas sejam aceitas em todos os segmentos. A Gafisa é uma das empresas líderes no segmento imobiliário, pioneira em construção civil no Brasil e que passa a aceitar criptomoedas como forma de pagamento em todos os seus empreendimentos com a nossa solução Foxbit Pay. É um orgulho dizer que, cada vez mais, empresas renomadas como a Gafisa, estão ingressando nesse mercado”, Rodrigo Ikegaya, Diretor de Produtos da Foxbit.

A Gafisa entende que a compra de imóveis com criptomoedas pode ser um primeiro passo para outras inovações disruptivas do setor, abrindo portas para uma movimentação ainda maior no mercado.

(com assessoria)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1783