Fibrasil negocia compra da Vero, mas preço é considerado alto

Rumores apontam que preço pedido pela Vero à Fibrasil é de R$ 2,8 bilhões por 100% dos ativos.

vero

A Fibrasil é uma das empresas que está analisando a compra da operadora regional Vero Internet, formada por ISPs de Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Segundo o jornal Estadão, as negociações estão avançadas. A empresa de rede neutra, que tem a Vivo como sócia, já teria concluído suas diligências, e a Vero teria pedido R$ 2,8 bilhões, o que equivale a R$ 4 mil por cliente, nas negociações.

O Tele.Síntese apurou, no entanto, que este preço é considerado alto tanto por pessoas envolvidas na negociação, quanto por analistas do mercado.

Analistas ouvidos por este noticiário consideram pouco provável que a empresa pague este valor, acima do que vem sendo praticado em fusões e aquisições de ISPs não listados em bolsa no país.

A título de comparação, ontem, 27, a Desktop anunciou a compra das empresas Fasternet e IDC Telecom, ambas com atuação no interior de São Paulo. A empresa não revelou o preço pago, mas analistas do banco BTG Pactual estimam em cerca de R$ 2,14 mil por assinante. Metade, portanto, do que estaria em negociação entre Vero e Fibrasil.

Ainda tomando a aquisição feita ontem pela Desktop como exemplo, os analistas dizem que a média de pagamento por cliente dos últimos 5 anos em fusões e aquisições do setor foi de R$ 2,9 mil. “Mas o atual cenário é de custo mais alto do capital”, observam, para justificar porque acreditam em uma barganha melhor por parte da Desktop.

O mesmo cenário é o que está posto para as negociações da Vero, que em 13 de julho confirmou ao mercado os rumores de que estava atrás de “oportunidades com relação aos seus negócios”, e confirmou a contratação do Banco Itaú BBA como assessor financeiro.

Na ocasião, a Vero não disse com quais outras empresas ou fundos vem negociando. Mas admitiu que discute diferentes formatos de transações. “Até o momento não há uma decisão sobre a realização de eventual transação envolvendo a Companhia”, diz o comunicado de duas semanas atrás.

A Vero foi criada pelo fundo Vinci Partners e tem atualmente cerca de 699,1 mil assinantes. No começo do ano, desistiu de fazer abrir o capital em bolsa em função das condições do mercado pós-pandemia.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4198