Ericsson lança rádio compatível com futuras redes 5G

Empresa também anunciou serviços de consultoria para o lançamento de redes de quinta geração, que vão do projeto à operacionalização.

dense-urban-rooftop-air-3246-small_2

A Ericsson lançou hoje, 05, um novo rádio para redes móveis. A empresa garante que o equipamento vai funcionar dentro das redes de quinta geração, cuja padronização ainda está em andamento.

O aparelho, chamado AIR 3246, usa tecnologia MIMO massivo FDD. Ou seja, é capaz de lidar com múltiplas entradas e saídas de dados, usando duplexação por divisão de frequência – que destina parte do espectro para upload, parte para download.

O AIR 3246 tem suporte a tecnologias 4G/LTE e 5G NR (New Radio). Esse lançamento permitirá que os operadores ofereçam o 5G – principalmente nas áreas metropolitanas – aos assinantes utilizando as opções de banda espectral médias atuais e aumentem consideravelmente a capacidade em suas redes LTE.

A plataforma 5G da Ericsson inclui três rádios de duplexação por divisão de tempo (TDD) já lançados anteriormente, compatíveis com 5G e MIMO massivo, bem como elementos de núcleo ou “core” de rede, transporte e elementos de suporte digital e de segurança.

Segundo Marcos Scheffer, vice-presidente de Redes da Ericsson no Brasil: “Essa é uma expansão da plataforma 5G que apresentamos em fevereiro. O novo rádio permitirá que os operadores aprimorem a capacidade 4G para seus assinantes no presente e estejam preparados para o 5G no futuro, utilizando o mesmo hardware. Também complementamos os produtos com um conjunto de serviços de rede, simplificando a transição do 5G para nossos clientes”.

A tecnologia de MIMO massivo FDD é uma grande aposta da fabricante sueca. Vem sendo desenvolvido em parceria com a operadora norte-americana T-Mobile, que começou a usar essas estações comercialmente neste ano.

Além do novo rádio, a Ericsson está aumentando o escopo dos serviços que presta às operadoras. A empresa passou a entregar consultoria especializada para a criação de redes 5G. Entre os contratos possíveis estão o de preparação do projeto da rede, mobilização e definição dos recursos técnicos e operacionais, e lançamento dos serviços 5G. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10578