Cisco e NEC ampliam parceria em torno de conectividade e automação de redes 5G

Colaboração prevê a união de esforços para soluções de 5G xHaul, 5G privado, IoT e WiFi
NEC e Cisco estendem parceria em torno de automação 5G
NEC e Cisco estendem parceria com foco em soluções de 5G (crédito: Freepik)

A Cisco e a NEC anunciaram, na quarta-feira, 5, novos planos para expandir uma parceria em torno de soluções de integração de sistemas e oportunidades em 5G xHaul e 5G privado.

Segundo o Global Systems Integrator Agreement (GSIA, ou acordo global integrador de sistemas), as empresas expandiram a colaboração com a intenção de prover soluções para redes de transporte 5G xHaul escaláveis, com recursos avançados para automação de ponta a ponta de rede óptica roteada. A expectativa é de que a solução ajude as operadoras a rentabilizar a quinta geração móvel.

Além das redes xHaul, as companhias planejam unir esforços nas áreas de Internet das Coisas (IoT), 5G e WiFi, a fim de impulsionar a próxima onda de transformação da indústria.

Em comunicado, Suhun Yun, diretor administrativo da Divisão de Negócios de Rede Digital da NEC, destacou a inclusão do 5G privado ao escopo da parceria, dizendo que a iniciativa “ajudará a acelerar a expansão” do mercado de redes privativas.

A primeira versão do GSIA foi assinada há dois anos. Por meio do acordo, as empresas decidiram combinar forças para expandir o alcance geográfico de suas soluções, firmando parceria, inclusive, com a Telefônica Vivo.

A expansão do acordo visa a contemplar novas áreas de colaboração, como a automação de rede óptica roteada, tendo em vista o aumento do tráfego de dados e a demanda por mais qualidade no transporte até a borda.

“As necessidades de modernização da arquitetura da rede para suportar o 5G têm colaborado para o crescimento do nosso trabalho em conjunto com a Cisco, levando a parceria a um nível ainda mais alto”, afirmou, em nota, Hideyuki Ogata, gerente geral do departamento de soluções para Provedores de Serviços da NEC.

“Nossa colaboração em vários níveis permitiu que algumas das maiores redes IP do mundo usassem arquiteturas inovadoras, que mudam a economia com redes ópticas roteadas, roteamento virtual e interoperabilidade de rádio 5G”, disse, também em nota, Sanjay Kaul, presidente de negócios de Provedores de Serviços da Cisco para a Ásia-Pacífico e Japão. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10596