Chip do Internet Brasil começa a ser entregue semana que vem

Nessa primeira etapa serão disponibilizados 6.250 chips neutros em seis cidades do Nordeste

Crédito: FreepikA Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) anunciou para as próximas semanas a entrega da primeira leva de 6.250 chips do Programa Internet Brasil. As primeiras cidades contempladas são Mossoró (RN), Caicó (RN), Caruaru (PE), Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Campina Grande (PB). Os seis municípios fazem parte da Prova de Conceito, a PoC, o projeto-piloto do programa. Nessa fase inicial, 15 escolas estão sendo contempladas. O pacote de 20 GB de dados móveis será renovado mensalmente, de forma automática, para os beneficiados pelo programa.

O Internet Brasil tem o objetivo de oferecer acesso à internet por banda larga móvel gratuita a estudantes da rede pública de ensino básico a partir do 3° ano. Um dos diferenciais do programa é que os chips são do tipo neutro. Isso garante a ativação ou desativação a partir da central da RNP, permitindo a mudança remota de operadora em caso de instabilidade do serviço.

Segundo a RNP, a operação remota cumpre com todos os requisitos da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). O acompanhamento de cada chip não é feito de maneira individualizada, garantindo, assim, a privacidade das atividades online dos alunos e suas famílias.

Espaço de aprendizagem

O Internet Brasil vai possibilitar que os alunos complementem seus estudos para além dos muros da escola. Com o chip de banda larga no celular, todos os lugares passam a ser potenciais espaços de aprendizagem. O uso pedagógico é um dos principais objetivos do programa, mas não o único. A distribuição de chips gratuitos pretende também democratizar o acesso à internet, uma vez que as famílias desses alunos também vão usufruir da conexão. Poderão se comunicar de maneira mais efetiva com a escola e os professores de seus filhos, além de ter acesso direto à informação de maneira

Instituído pela Lei 14.351/22, o programa Internet Brasil é uma iniciativa do Ministério das Comunicações (MCom), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), e está sendo executado pela RNP.(Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10506