Brasil tem déficit de US$ 1,7 bilhão em transações com o exterior em abril

Dados do BC também mostram que investimentos diretos no País diminuíram 70,27% no mês passado, na comparação com o mesmo período de 2022
Brasil tem déficit com o exterior em abril, após superávit no mesmo mês de 2022
Brasil amplia déficit com o exterior no acumulado de 12 meses até abril (crédito: Freepik)

O Brasil registrou déficit de US$ 1,7 bilhão em transações com o exterior em abril, informou o Banco Central (BC) nesta sexta-feira, 26. No mesmo mês do ano passado, houve superávit de US$ 100 milhões.

No acumulado de 12 meses até abril, o déficit em transações internacionais (comércio, serviços, rendas e transferências) soma US$ 54,2 bilhões, o equivalente a 2,76% do Produto Interno Bruto (PIB). O resultado aponta rombo maior do que os registrados no intervalo interanual até o mês anterior (US$ 52,4 bilhões) e em abril de 2022 (US$ 44,6 bilhões).

Em abril, a balança comercial registrou superávit de US$ 6,94 bilhões, resultado ligeiramente superior (1,72%) ao do mesmo mês do ano passado (US$ 6,82 bilhões). No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, o saldo é positivo em US$ 19,44 bilhões.

As exportações somaram US$ 27,57 bilhões em abril, baixa de 5,7% na comparação com o mesmo mês de 2022 (US$ 29,24 bilhões). No entanto, a redução das importações foi mais expressiva (-8%). As compras de bens do exterior totalizaram US$ 20,63 bilhões em abril deste ano, menor do que a soma de US$ 22,42 em abril do ano passado.

Apesar do saldo comercial, o déficit em transações correntes é explicado pelo resultado negativo da conta de serviços, que totalizou US$ 3,2 bilhões em abril de 2023, praticamente estável em relação ao mesmo mês de 2022. Além disso, o déficit em rendas foi de US$ 5,4 bilhões, avançando 41,5% na comparação com o rombo de US$ 3,8 bilhões em abril de 2022.

Viagens e investimentos

Conforme os dados do BC, os brasileiros gastaram US$ 1,23 bilhão em viagens internacionais em abril. Na outra ponta, turistas deixaram US$ 452 milhões por aqui. No geral, o déficit, no que diz respeito a viagens, somou US$ 784 milhões no quarto mês do ano, totalizando saldo negativo de US$ 2,31 bilhões no acumulado de 2023, alta de 11,86%.

O BC também informou que o ingresso de Investimentos Diretos no País (IDP) foi de US$ 3,3 bilhões em abril de 2023, ante US$ 11,1 bilhões em abril de 2022. A redução foi de 70,27%.

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 790