Bradesco e banco BV formam gestora de investimentos

A gestora de investimentos, ainda sem marca, inicia com R$ 41 bilhões de ativos e R$ 22 bilhões sob custódia no Private Banking.
Bradesco e banco BV vão formar gestora de investimentos - Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

O Bradesco e o banco BV (Banco Votorantin) anunciam parceria estratégica para a formação de uma gestora de investimentos independente, que terá marca própria, a ser definida, e já conta com R$ 41 bilhões de ativos sob gestão e R$ 22 bilhões sob custodia no Private Banking.

Na transação, o Bradesco irá adquirir, através de uma de suas subsidiárias, 51% do capital da BV DTVM, sociedade que concentra a gestão de recursos de terceiros e a atividade de Private Banking do banco BV. A conclusão da transação estará sujeita ao cumprimento de aprovações legais e regulatórias.

A gestora terá autonomia na gestão dos recursos, além de contar com a reputação e sólida experiência de seus acionistas. “Com estrutura independente, a nova asset oferecerá aos investidores produtos inovadores e compatíveis com a realidade de mercado. O suporte e o comprometimento dos sócios reforçam a solidez e a credibilidade dos processos de governança e compliance aplicados ao negócio”, diz Roberto Paris, diretor executivo do Bradesco.

“A gestora será independente e com filosofia própria de investimentos, com completo portfólio de fundos de investimentos destinados ao mercado em geral e a todo perfil de investidor. No Private Banking o modelo será de arquitetura aberta com a oferta dos melhores produtos de investimentos disponibilizados pelo mercado, além de serviços bancários oferecidos pelo Bradesco e pelo BV, no Brasil e no exterior”, diz Gabriel Ferreira, CEO do banco BV.

A Organização possui ampla e sólida plataforma local de asset management, com mais de R$ 544 bilhões sob gestão, e de Private Banking, com mais de R$ 380 bilhões sob gestão, sendo o 3º e 2º maior gestor em cada segmento respectivamente.

Com atuação no mercado brasileiro desde 1999, a BV DTVM é a 9ª maior gestora de fundos imobiliários, segundo ranking da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais), com mais de R$ 41 bilhões de ativos sob gestão. Em 2021, foi premiada como uma das melhores gestoras e teve seis fundos de investimento classificados como cinco estrelas pelo “Guia de Fundos de Investimentos”, da Fundação Getúlio Vargas. O BV Private oferece soluções financeiras e patrimoniais customizadas para clientes de alta renda, ocupando o 9º lugar entre os private bankings do País.

(com assessoria)

 

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1782