Ascenty inaugura 5º data center em Hortolândia (SP)

Nova unidade da Ascenty em Hortolândia tem capacidade de 31 MW e já conta com 20% dos centros de processamento de dados ocupados por clientes; sexto prédio está previsto para 2023
Data center da Ascenty em Hortolândia
Quinto data center da Ascenty em Hortolândia mais do que dobra a capacidade do complexo (crédito: Divulgação)

A Ascenty inaugurou, nesta semana, a quinta unidade do seu complexo de data centers em Hortolândia, no interior de São Paulo. O novo prédio, orçado em R$ 920 milhões, tem capacidade de 31 MW, o que expande a potência da rede local em 134%.

Hortolândia 5, como a unidade é chamada, foi inaugurada com 20% dos centros de processamentos de dados ocupados por clientes. A expectativa é de que a demanda contratada atinja 60% até o fim de 2023, informou a empresa.

Até o momento, a processadora de dados investiu R$ 350 milhões no novo prédio. Na prática, o campus aumentou a potência do complexo de 23 MW para 54 MW. Quando todas as áreas da unidade 5 estiverem concluídas, o desembolso total deve chegar aos R$ 920 milhões.

Segundo a empresa, o prédio recém-inaugurado integra a estratégia de atender à alta demanda das empresas por serviços digitais, além de dar suporte ao crescimento da estrutura de conectividade com a chegada da tecnologia 5G.

O centro de dados de Hortolândia começou a ser construído em 2015. A provedora de serviços de data centers tem mais planos para a cidade paulista, após a conclusão da quinta unidade. Isso porque, para 2023, a Ascenty planeja inaugurar o sexto edifício, atualmente em obras.

“Hortolândia é um importante polo industrial e tecnológico em crescimento. O investimento no município faz parte da nossa estratégia de expansão em linha com a alta demanda das empresas por serviços digitais”, afirma Marcos Siqueira, vice-presidente de Operações da Ascenty, em nota.

Atualmente, a empresa conta com 23 unidades em operação espalhadas por Brasil, Chile e México, além de outras cinco em construção.

O campus de Hortolândia está conectado a 5.000 km de rede de fibra óptica da própria empresa e interligado à estação de cabo submarino de Praia Grande, no litoral paulista.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10373