Além das telecomunicações: verticais crescem no MWC

Expectativa dos organizadores do MWC 2024 é de que mais da metade dos participantes sejam de indústrias não diretamente ligadas ao setor móvel

No MWC 23, 56% dos participantes vinham de verticais não diretamente ligados às operadoras móveis

No MWC 23, 56% dos participantes vinham de verticais não diretamente ligados às operadoras móveisO Mobile World Congress vem passando por mudanças desde que aconteceu pela primeira vez, em 1987. E não apenas mudanças tecnológicas, mas de perfil dos participantes. Se a feira e o congresso se consolidaram como um ambiente para apresentação das novidades para operadoras móveis, hoje são vistos como locais para apresentação de soluções industriais dirigidas às diferentes verticais.

Ano passado, 2023, mais da metade dos 88,5 mil participantes do MWC não era gente das operadoras, fabricantes ou prestadoras de serviços móveis. Na verdade, 56% vinha de outras indústrias. “E esperamos que este cenário se repita em 2024”, diz Richard Cockle, responsável pela área de indústrias conectadas, internet das coisas e identidade da GSMA, a associação que organiza o evento.

Não à toa, esta edição terá uma área dedicada a indústrias conectadas, com soluções para diferentes verticais. Haverá produtos em saúde, hospitalidade, mineração, agricultura e navegação marítima.

A ideia, porém, é fazer com que as operadoras móveis sejam os agentes das transformações desejadas pelas verticais. Ou seja, que elas sejam as responsáveis pelos projetos que a indústria demanda. Haverá um pavilhão dedicado a mostrar como as teles podem inovar para atender outros setores. Vai ter demonstração de drones com IA, chamadas de voz por 5G para ambientes corporativos, rede móvel privativa toda em nuvem, conectividade de veículos, segurança e prevenção de acidentes.

Se na década passada a MWC era dominada por fabricantes de smartphones e trazia painéis de operadoras, neste ano veremos, além das teles, empresas como Alef Aeronautics, que está desenvolvendo um carro voador, a Dell, Google Deepmind (área de IA do Google), HP, Microsoft, Bosch, Petronas.

“O MWC não é mais sobre telefonia ou banda larga móvel, mas sobre um ecossistema de competidores fundamentais para a transformação digital”, resume Cockle. O MWC 2024 acontece de 26 a 29 de fevereiro em Barcelona, Espanha. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10373