Acionistas da Oi aprovam aumento de capital e incorporação de subsidiária

Sócios decidiram ainda pela manutenção de Roger Solé no conselho de administração até setembro 2020.

Os acionistas da Oi, em assembleia realizada hoje, 19, na sede da companhia no Rio de Janeiro, aprovaram o aumento de capital promovido pela Oi no começo do ano e que levantou R$ 4 bilhões em dinheiro novo.

O estatuto da empresa foi atualizado, passando a prever capital social de R$ 32,5 bilhões, sendo composto por pouco mais de 5,79 bilhões de ações ordinárias e 157,7 milhões de ações preferenciais.

Os presentes também aprovaram a incorporação da subsidiária Copart 5, responsável pela gestão de alguns bens imóveis do grupo. A medida faz parte do plano de recuperação judicial da companhia, que prevê simplificação corporativa.

A incorporação foi aprovada com 99,96% dos votos válidos. A Copart tem um acervo líquido negativo em R$ 56,3 milhões, que serão incluídos no patrimônio da Oi, sem mudanças na quantidade de ações emitidas ou diluição na participação acionária dos sócios.

Foi aprovada, ainda, a eleição para o conselho de administração de Roger Solé Rafols, em complementação de mandato, até 17 de setembro de 2020.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10485